Fenômenos meteorológicos causam danos em Tochigi e Gunma

Eles derrubaram árvores e destelharam casas nas duas províncias.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Árvore gigante foi arrancada do solo (Gunma TV)

Na quinta-feira (15), os Observatórios de Meteorologia de Utsunomiya (Tochigi) e de Maebashi (Gunma), informaram que as rajadas de vento ocorridas em 11 deste mês podem ter sido o que se chama de frente de rajada ou outflow boundary em inglês. 

Publicidade

Esse fenômeno ocorre quando o ar frio soprado das nuvens cumulonimbus colide com o ar quente próximo ao solo. 

Em Maebashi, Kiryu e Ota essa frente de rajada derrubou uma árvore gigante pela raiz, além do destelhamento de várias casas. Nesse dia foi registrado vento com velocidade de 35 metros por segundo, o equivalente a 136km/h.

Em relação à ocorrência em Sano (Tochigi),  por volta das 15h do dia 11, a velocidade máxima estimada do vento é de 30m/s. Concluiu-se que há uma grande possibilidade de ter sido um downburst, também conhecido como gust front, ou seja uma rajada de vento de grande intensidade, a qual sopra de forma radial a partir de um determinado ponto, em direção ao solo.   

Árvore caiu sobre o carro (Gunma TV)

Fontes: Gunma TV e Sankei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Tokyo 2020: atletas terão que colocar as próprias medalhas no pescoço

Publicado em 15 de julho de 2021, em Sociedade

Apertos de mão durante as cerimônias de entrega de medalhas também não serão permitidos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Em medida contra o vírus, atletas ganhadores terão que colocar suas próprias medalhas no pescoço (banco de imagens)

Ganhadores olímpicos terão que colocar suas próprias medalhas no pescoço por causa da Covid-19, disse o chefe dos Jogos na quarta-feira (14), enquanto infecções em Tóquio aumentaram para o maior nível em 6 meses.

Publicidade

O presidente do Comitê Olímpico Internacional-COI, Thomas Bach, disse que “as medalhas serão exibidas ao atleta em uma bandeja e então ele mesmo a pegará”.

É uma abordagem mais cautelosa do que na final da Eurocopa 2020 em Wembley onde os jogadores tiveram suas medalhas colocadas em volta de seus pescoços pelo chefe da UEFA Aleksander Ceferin, que também apertou a mão do heróico goleiro Gianluigi Donnarumma.

Bach, que se encontrou com o Primeiro-Ministro Yoshide Suga para discutir a segurança da Covid-19, confirmou em Tóquio que “não haverá apertos de mão e nem abraços durante a cerimônia de medalhas”.

Bach e Suga prometeram garantir que os Jogos não se tornem em um evento superpropagador da Covid-19, apesar de Tóquio e províncias vizinhas estarem sob um estado de emergência imposto pelo governo.

Fonte: Daily Mail

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência