Covid-19: 10 mil australianos buscam compensação por efeitos colaterais de vacina

Os efeitos colaterais reportados com mais frequência incluem inchaço no braço, dor de cabeça, febre e calafrios.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Braço inchado e vermelho após vacinação (ilustrativa/banco de imagens)

O governo da Austrália pode enfrentar uma conta de mais de AU$50 milhões relacionada ao seu programa de vacinação contra Covid-19, visto que milhares de pessoas se registram para serem compensadas por problemas de saúde relacionados as suas inoculações, divulgou o jornal Sydney Morning Herald.

Mais de 10 mil pessoas se registraram em um programa do governo para serem compensadas por renda perdida após serem hospitalizadas por efeitos colaterais raros da vacina, divulgou o jornal, citando dados oficiais.

O valor da compensação inicia a AU$5 mil, significando que programa custaria pelo menos AU$50 milhões se cada queixa fosse aprovada.

A Administração de Produtos Terapêuticos da Austrália (TGA) recebeu mais de 79 mil relatos de efeitos adversos de 36,8 milhões de doses de vacina, de acordo com seu site.

Os efeitos colaterais reportados com mais frequência incluem inchaço no braço, dor de cabeça, febre e calafrios.

A TGA recebeu 288 relatos avaliados como sendo provavelmente inflamação do músculo cardíaco ligada à vacina da Pfizer, assim como 160 casos de rara coagulação sanguínea ligada ao imunizante da AstraZeneca.

Nove mortes foram ligadas ao programa de imunização, cuja maioria das pessoas tinha idade igual ou superior a 65 anos, de acordo com a TGA.

Fonte: Straits Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Gripe aviária se espalha na Europa e Ásia; indústria avícola em alerta

Publicado em 16 de novembro de 2021, em Notícias do Mundo

Surtos geralmente ocorrem no outono, espalhados por aves selvagens migrantes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Vários surtos de gripe aviária grave na Europa e Ásia foram reportados nos últimos dias à Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), em um sinal de que o vírus está se espalhando rapidamente mais uma vez.

A disseminação da altamente patogênica influenza aviária, comumente chamada de gripe aviária, colocou a indústria avícola em alerta após surtos anteriores terem levado ao abate de dezenas de milhões de aves. Surtos também levam a restrições comerciais.

Ela também está chamando à atenção de epidemiologistas, visto que o vírus pode ser transmitido a humanos. A China reportou 21 infecções humanas com o subtipo H5N6 da influenza aviária até agora neste ano, mais do que para todo o ano de 2020.

A Coreia do Sul reportou um surto em uma granja com cerca de 770 mil aves em Chungcheongbuk-do, disse a OIE na segunda-feira (15), citando um relatório das autoridades do país. Todos os animais foram abatidos.

Também na Ásia, o Japão reportou seu primeiro surto da temporada de inverno 2021, em uma granja na província de Akita, disse a OIE, confirmando uma declaração na semana passada feita pelo ministério da agricultura japonês. O serotipo nesse surto foi o H5N8.

Na Europa, a Noruega reportou um surto de H5N1 na região de Rogaland em um bando de 7 mil pássaros, disse a OIE.

Surtos geralmente ocorrem no outono, espalhados por aves selvagens migrantes.

O governo belga colocou o país sob risco aumentado de gripe aviária, ordenando desde a segunda-feira que aves sejam mantidas em ambientes fechados, após uma variante altamente patogênica de gripe aviária ter sido identificada em um ganso selvagem perto de Antuérpia.

Isso seguiu uma medida similar na vizinha França no início deste mês e na Holanda em outubro.

A gripe aviária não pode ser transmitida através do consumo de produtos de frango.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades