Terça-feira: 154 testados positivo

Foram 48 a menos do que na terça-feira da semana anterior.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Em 21 províncias e aeroportos o total de testados positivo para o novo coronavírus no Japão na terça-feira (16) foi de 154, sendo que o maior número foi em Hokkaido, com 35.

Tóquio teve 15 novos casos, foram 13 em Saitama, 9 em Kanagawa, 7 em Chiba, 4 em Gunma, 2 em Tochigi e 1 em Ibaraki.

Foram 13 em Osaka, 12 em Hyogo, 7 em Okayama, 5 em Fukuoka, 3 em Quioto, Okinawa e em Shiga, 2 em Hiroshima, 0 em Nagano, Fukui e Shimane.

Na região Tokai foram 8 em Aichi e 2 em Shizuoka, sendo que Mie e Gifu não tiveram nenhum caso. Foi a primeira vez em 8 meses, desde 15 de março, que Gifu tem 0, e em Mie foi pelo terceiro dia consecutivo.

O dia teve 4 óbitos no Japão, sendo 2 em Osaka, 1 em Saitama e em Kanagawa.

O número de pacientes em estado grave caiu para 82, dentre os 803 em tratamento.

Em contrapartida, são 1.705.460 pessoas recuperadas.

No domingo (14) foram realizados 9.302 testes PCR.

Dados de terça-feira, por província (NHK)

Fontes: News Digest, Nagoya TV e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão planeja subsídios para atenuar aumento acentuado nos preços da gasolina

Publicado em 17 de novembro de 2021, em Sociedade

O ministério visa impedir o aumento no preço final da gasolina, diesel e querosene ao reduzir seus preços no atacado.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Carro sendo abastecido em posto (ilustrativa/banco de imagens)

O Ministério da Indústria do Japão disse na terça-feira (16) que está considerando uma medida temporária e de emergência para atenuar um aumento acentuado nos preços da gasolina ao fornecer a refinarias subsídios para permitir que elas limitem os preços no atacado.

A consideração dos subsídios ocorreu poucos dias depois de um acordo climático das Nações Unidas que pediu por um fim de “subsídios para ineficientes combustíveis fósseis”.

A medida é destinada a dar suporte à recuperação econômica em decorrência da queda induzida pela pandemia, disse um funcionário do ministério aos repórteres, acrescentando que tal medida não foi tomada no passado.

O ministério visa impedir o aumento no preço final da gasolina, diesel e querosene ao reduzir seus preços no atacado através do uso dos fundos fornecidos pelo governo.

Ele não indicou a qual nível os preços seriam limitados.

O governo planeja incluir a medida em seu pacote de estímulo econômico a ser adotado na sexta-feira (19), esperando iniciar o auxílio até o fim do ano.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades