Morre o homem que incendiou a clínica em Osaka, com 25 vítimas fatais

O autor do incêndio da clínica em Osaka estava em tratamento mas não resistiu. Assim, não há como esclarecer o motivo desse crime.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A imagem maior é do local incendiado e a pequena é o autor do crime (Yomiuri/NNN)

Na quinta-feira (30), a polícia informou sobre a morte do suspeito de incêndio criminoso, o japonês Morio Tanimoto (谷本盛雄), 61 anos, o qual estava internado para tratamento. O óbito foi nesse dia, às 19h05. 

Publicidade

No dia 17 deste mês, uma clínica em Kitashinchi, Osaka, foi incendiada, o que causou a morte de 25 pessoas, incluindo o médico e diretor, e também os pacientes. Uma pessoa continua em tratamento, cujo estado é grave.

A Polícia da Província de Osaka identificou Tanimoto como suspeito no caso de incêndio criminoso. Ele era paciente dessa clínica e teria cometido outros incêndios anteriormente.

Segundo a polícia, Tanimoto sofreu queimaduras no rosto, membros e teve problemas nas vias respiratórias, por intoxicação grave por monóxido de carbono. Estava entre as vítimas socorridas pelos bombeiros. 

Teria se inspirado no incêndio criminoso de Quioto

A equipe de investigação levantou que ele comprou a gasolina usada para o incêndio. Na sua casa foram encontrados recortes de jornal sobre o incêndio criminoso ocorrido em Quioto, no estúdio de animês, em julho de 2018.

Acredita-se que o caso tenha sido causado com forte intenção assassina após planejamento prévio, mas a investigação policial até o momento não encontrou nenhum problema entre o suspeito e a clínica.

A polícia analisa as circunstâncias que levaram ao crime por meio de investigações no entorno, como ações pré-incidentes, mas ficou difícil esclarecer o motivo porque não foi possível ouvir o próprio suspeito.

Fontes: NHK, NNN e Yomiuri

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Apagão deixa 300 parados no teleférico da estação de esqui

Publicado em 31 de dezembro de 2021, em Sociedade

Um corte repentino de energia elétrica na vila onde fica a estação de esqui deixou os esquiadores pendurados por um tempo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

À esq. o teleférico (HP)

Por volta das 9h30 de quinta-feira (30), todos os 6 teleféricos de cadeirinha pararam no Yabuhara Kogen Ski Resort, situado na vila de Kiso (Nagano), e um total de cerca de 300 esquiadores ficaram temporariamente suspensos.

Publicidade

Os funcionários da estação resgataram um a um, usando corda, e ninguém ficou ferido ou passou mal. 

Essa atividade levou cerca de duas horas. A estação de esqui publicou uma nota e agradeceu aos clientes que ajudaram no resgate dos demais. 

De acordo com informações da Delegacia de Kiso e da Chubu Electric Power, a causa da queda de energia foi uma árvore próxima ao clube, que caiu com o peso da neve, rompendo o cabo elétrico.

Houve uma queda temporária de energia em 90 casas da redondeza e na estação de esqui.

Nessa ocasião, o Observatório Meteorológico de Nagano emitiu um alerta de neve pesada e aumento do acúmulo nessa área.

Fontes: Yomiuri e divulgação

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância