Prefeituras de Osaka e Hyogo decidiram não usar cupons para pagar o benefício de 100 mil ienes

As prefeituras de Osaka e Hyogo vão pagar o benefício em dinheiro, e parece que as de Quioto também consideram fazer o mesmo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Em vermelho, região Kinki (Wikimedia)

Em relação ao pagamento de 100 mil ienes para o público de 0 a 18 anos, como benefício concedido pelo governo do Japão, soube-se na quinta-feira (16) que todas as prefeituras de Osaka e Hyogo não usarão cupons. Ou seja, será tudo em dinheiro.  

Publicidade

De acordo com as informações do governo de Hyogo, todas as 41 cidades e vilas da província já confirmaram essa posição. A prefeitura de Kobe irá pagar o valor integral de 100 mil ienes em 27 de dezembro para cerca de 180 mil famílias que recebem o Jido Teate, ajuda financeira do governo para as crianças.

A província de Osaka tem 43 prefeituras, das quais 38 já fizeram ajustes para efetuar o pagamento integral até o final deste mês, dando prioridade para as famílias com filhos até a idade ginasial. Para as famílias com filhos com idade superior a essa e até 18 anos, o pagamento será feito depois, de forma parcelada.

Na província de Quioto, as cidades homônima e Kameoka já indicaram uma política de pagamento integral em dinheiro. Até o momento não há governo local que tenha anunciado o pagamento por cupom.

Fonte: MBS

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Idoso morre por mordida de javali

Publicado em 16 de dezembro de 2021, em Sociedade

O caso ocorreu na província de Ibaraki. Embora tenha sido socorrido, não resistiu por causa do grave ferimento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa (PxHere)

Por volta das 9h15 de quarta-feira (15), um homem de 84 anos foi mordido por um javali que estava preso em uma armadilha na floresta de Morozawa, cidade de Hitachi Omiya (Ibaraki).

Publicidade

Seu filho que estava com ele chamou pelo socorro e embora tenha sido transportado de ambulância para um hospital morreu de choque hemorrágico devido a uma lesão na artéria em sua coxa direita.

O animal silvestre escapou e está sendo procurado pela patrulha em conjunto com os caçadores. É um macho, com cerca de 1,2m de comprimento e 0,7m de altura.

Javali estava preso na armadilha quando o atacou

De acordo com a delegacia de polícia de Omiya, o homem saiu de casa antes das 9h, entrou na floresta com seu segundo filho, 55, e encontrou um javali pendurado em uma armadilha que ele havia armado no passado. Foi atacado na perna quando se aproximava para matá-lo com um porrete. Quando o filho chamou a equipe da ambulância e voltou ao local, o javali já tinha escapado. 

A vítima era um caçador com mais de 10 anos de experiência, usando armadilhas.

Em janeiro de 2018, um homem da cidade de Tsukuba (Ibaraki) foi mordido por um javali, na perna e na mão e perdeu um dedo. Ele estava na Tsukuba Kasumigaura Rinrin Road, uma estrada exclusiva para bicicletas.

Fonte: Ibaraki Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância