Viagra poderia ser usado para tratar Alzheimer, segundo estudo

Pesquisadores alertaram que o estudo não necessariamente demonstrou uma relação causal entre o uso do Viagra e menor chance de desenvolver Alzheimer.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência relacionada à idade (ilustrativa/banco de imagens)

O Viagra poderia ser um tratamento útil contra a doença de Alzheimer, de acordo com um estudo dos EUA.

Publicidade

A doença de Alzheimer, a forma mais comum de demência relacionada à idade, afeta centenas de milhões de pessoas no mundo. Entretanto, apesar de crescentes números de casos, atualmente não há tratamento eficaz.

Usando uma rede ampla de mapeamento de gene, pesquisadores na Clinics Cleveland integraram dados genéticos e outros para determinar quais dos mais de 1,6 mil medicamentos aprovados pela Administração de Medicamentos e Alimentos – FDA poderiam ser um tratamento eficaz para a doença de Alzheimer.

Eles deram pontuações mais altas a medicamentos que tinham como alvo amiloides e proteínas tau – duas características da Alzheimer – comparados com medicamentos que visavam apenas um ou o outro.

“O sildenafila, que mostrou melhorar de forma significativa a cognição e memória em modelos pré-clínicos, se apresentou como o melhor medicamento candidato”, disse o Dr. Feixiong Cheng, líder do estudo. O Viagra é o nome comercial do sildenafila.

Pesquisadores então usaram uma base de dados de mais de 7 milhões de pessoas nos EUA para examinar a relação entre o sildenafila e os resultados da doença de Alzheimer ao comparar usuários do sildenafila com os não usuários.

Eles descobriram que usuários do sildenafila tinham 69% menos probabildade de desenvolver doença de Alzheimer do que os não usuários do medicamento após um seguimento de 6 anos.

Para explorar ainda mais o efeito potencial do medicamento sobre a Alzheimer, pesquisadores desenvolveram um modelo de laboratório o qual mostrou que o sildenafila aumentou o crescimento das células do cérebro e visou as proteínas tau, oferecendo percepções de como ele pode combater a doença relacionada a mudanças no cérebro.

As descobertas foram publicadas no jornal Nature Aging.

Cheng alertou que o estudo não demonstrou uma relação causal entre o sildenafila e a doença de Alzheimer. Ensaios clínicos aleatórios envolvendo ambos os sexos com controle de placebo foram necessários para determinar a eficácia do sildenafila, disse ele.

Ivan Koychev, pesquisador clínico sênior na Universidade de Oxford que não estava envolvido no estudo, disse que era um “desenvolvimento interessante” porque “ele aponta para um medicamento específico que pode oferecer uma nova abordagem para tratar a condição”.

Fonte: The Guardian

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Mobile muito resistente para outdoor e praticante de esportes radicais

Publicado em 7 de dezembro de 2021, em Lançamentos

Robusto, o novo design do G’z One é compatível com o 4G. Lançamento da au.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pode cair na água e modelos em verde e preto (au/FNN)

O mobile apresentado pela KDDI na segunda-feira (6), é um repaginado depois de 9 anos, do original da série G’z One, lançado em 2000.

Publicidade

A aparência é de um telefone celular, mas esse funciona em 4G, e tem tudo o que um trabalhador na construção civil, praticante de esportes radicais ou quem gosta de atividades ao ar livre como montanhismo ou pesca, necessita: robustez, resistente à água e neve,  areia e queda, Wi-Fi, bússola, espanta ursos, entre outros como os apps.

O G’z One Type XX evoluiu para atender os fiéis usuários de longa data, de até 15 anos, que ainda usam o 3G, pois essa tecnologia será extinta em março de 2022. 

Cor liquid green já caiu no gosto dos usuários, resistente à areia e queda (au)

O design foi elaborado por uma equipe da Casio, com um subdisplay em forma circular, e o dispositivo foi fabricado pela Kyocera, a qual desenvolveu o smartphone da Balmuda.

A au já está aceitando reservas na sua página e o início das vendas é na sexta-feira (10). O novo modelo está disponível em duas cores: liquid green e solid black. O preço é de ¥52.800, já com imposto. 

Se trabalha em condições que dependem do tempo, tem altos riscos, ou se pratica esportes ao ar livre, esse celular é altamente recomendado. Para a limpeza do dispositivo pode usar sabonete para as mãos ou um pano umedecido com álcool.

Caso queira assistir ao lançamento, veja o vídeo.

Fontes: divulgação e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância