Confirmados mais 2 casos de transmissão comunitária da ‘stealth omicron’ no Japão

O número de casos de passageiros vindos do exterior aumentou. Mas, já há confirmações de transmissão comunitária dessa subvariante no Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (Pixabay)

O governo do Japão informou que já confirmou pelo menos 27 casos de infecção pela subvariante da ômicron, a stealth, no país.

Publicidade

Na sexta-feira (28), a prefeitura da cidade de Kobe (Hyogo) informou que foram confirmados os dois primeiros casos de transmissão comunitária da subvariante BA.2 ou stealth omicron do coronavírus, de maior infectividade.

São dois homens que testaram positivo entre 10 e 16 deste mês e, posteriormente, a subvariante foi encontrada na análise do genoma.

Essa subvariante da ômicron é mais infecciosa do que a original. Muitos casos já foram confirmados na Dinamarca e Israel. Mas, a primeira amostra BA.2 foi coletada na África do Sul em 17 de novembro de 2021.

Até 26 deste mês, somam 313 casos de confirmação em passageiros que chegaram do exterior no Japão, com maior incidência dos que voltaram das Filipinas e Índia.

Ainda não há dados suficientes para analisar a taxa de hospitalização e o risco de agravamento.

Fontes: San TV e Sankei 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Surto em fábrica de Shiga foi um dos motivos da paralisação da Toyota

Publicado em 29 de janeiro de 2022, em Economia

Como a indústria está fechada para as medidas preventivas à infecção pelo coronavírus, pode ter sido uma das causas da paralisação da Toyota.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (Pixabay)

Segundo o Bloomberg, ocorreu um surto de infecção pelo coronavírus na JSS-Joyson Safety Systems, sediada em Hikone (Shiga). É uma grande fabricante que assumiu a então Takata, a qual faliu devido ao problema de fraude na qualidade do airbag. 

Publicidade

Esse surto que paralisou a indústria teria sido um dos motivos das suspensões de produção doméstica da Toyota Motor, segundo levantou o jornal. 

De acordo com o porta-voz da JSS, Brian Johnson, a empresa fechou sua fábrica de Hikone por “alguns dias”. Medidas necessárias, como o reforço das medidas preventivas, estão sendo implementadas durante o período de suspensão com o objetivo de retomada o quanto antes.

O momento da retomada ainda é incerto mas estão sendo feitos esforços para minimizar o impacto nos clientes. 

Segundo as fontes, a suspensão das operações na indústria JSS Hikone, que fabrica cintos de segurança, airbags e outros suprimentos automotivos, contribuiu para as paralisações anunciadas pela Toyota, a qual anunciou que os motivos foram a escassez global de semicondutores e a falta de autopeças dos fornecedores domésticos, por causa do surto de coronavírus. 

Mas também pode ter afetado outros clientes como Nissan, Subaru, Honda e Suzuki.

Fonte: Bloomberg

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância