Homem não vacinado contra covid-19 tem transplante de coração negado

Ferguson está internado desde 26 de novembro de 2021 em um hospital nos EUA. Ele sofre de uma doença do coração hereditária.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Um hospital nos EUA rejeitou um paciente para transplante do coração em parte porque ele não estava vacinado contra a covid-19.

Publicidade

DJ Ferguson, de 31 anos, está em extrema necessidade por um novo coração, mas o Brigham and Women’s Hospital o tirou da lista de espera, disse seu pai, David.

Ele disse que a vacina contra covid-19 vai contra todos os seus “princípios básicos, ele não acredita nela”.

O hospital disse que estava seguindo sua política.

Uma porta-voz disse que o hospital exige “a vacina contra covid-19, e comportamentos de estilo de vida para candidatos a transplante a fim de criar a melhor chance para operação de sucesso e otimizar a sobrevivência do paciente após o transplante, visto que o sistema imune é drasticamente suprimido”.

A instituição de cuidados acrescentou que a maioria das 100 mil pessoas em listas de espera para transplante não passará por cirurgia dentro de 5 anos devido à escassez de órgãos disponíveis.

Ferguson está hospitalizado desde 26 de novembro de 2021 e ele sofre de uma doença do coração hereditária a qual faz com que seus pulmões se encham de sangue e fluidos, de acordo com a GoFundMe.

A organização de arrecadação de fundos disse que Ferguson tinha a preocupação de que ele poderia sofrer inflamação cardíaca – um efeito colateral em potencial da vacinação contra coronavírus que o Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos EUA enfatiza ser rara e temporária – e que pode ser perigosa devido à fraqueza de seu coração.

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Polícia investiga festas do governo britânico durante lockdown

Publicado em 26 de janeiro de 2022, em Notícias do Mundo

Johnson participou de uma festa com cerca de 30 funcionários dentro de seu escritório, e posteriormente recebeu amigos em sua residência.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Emissora britânica diz que Boris Johnson também participou de uma festa para marcar seu aniversário (NHK)

A polícia em Londres anunciou na terça-feira (25) que investigará festas realizadas durante um lockdown no escritório e residência do primeiro-ministro Boris Johnson, a 10 Downing Street. Um alto funcionário público já estava investigando as reuniões.

Publicidade

Johnson pediu desculpas perante o Parlamento por se juntar a uma festa em maio de 2020 em sua residência. Agora, uma emissora está reportando que ele participou de uma outra para marcar seu aniversário.

A ITV News divulga que, em junho de 2020, Johnson participou de uma festa com cerca de 30 funcionários dentro de seu escritório, disse a emissora, e posteriormente ele recebeu amigos em sua residência.

Naquela época, ele havia proibido reuniões sociais em ambientes fechados.

Os funcionários de Johnson disseram que ele ficou na festa por menos de 10 minutos e que ele então recebeu poucos membros de sua família em ambiente aberto.

Johnson disse que ele aprovou a decisão da polícia em conduzir sua própria investigação. Ele disse que ajudaria a esclarecer isso para o público.

Contudo, mesmo membros de seu próprio partido estão pedindo para que ele renuncie.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância