Pela primeira vez quase 50 mil na sexta-feira

Tóquio teve quase 10 mil pela primeira vez, sendo que Osaka, Aichi, Shizuoka, Gunma, Gifu e outras tiveram os piores números desta epidemia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 49.854 testados positivo na sexta-feira (21) em todas as 47 províncias e aeroportos, renovando o maior número pelo quarto dia consecutivo.

Publicidade

Quase metade das províncias – 22 – tiveram os maiores números desta epidemia. Foram 9.699 em Tóquio, 6.254 em Osaka, 3.187 em Aichi, 2.944 em Hyogo, 2.668 em Fukuoka e 2.215 em Chiba.

Foram 1.644 em Hokkaido, 1.467 em Quioto, 1.156 em Shizuoka, 645 em Gunma, 595 em Ibaraki e 577 em Gifu.

Foram 549 em Okayama, 485 em Nagasaki, 470 em Niigata, 339 em Miyazaki, 275 em Wakayama, 229 em Ishikawa, 190 em Shimane, 171 em Kagawa, 74 em Yamagata e 55 em Akita.

Crescimento explosivo

Em 3 semanas o crescimento foi explosivo. No primeiro dia do ano foram 534 novos casos, portanto, multiplicou-se 93 vezes até sexta-feira

No dia 10 foram 6.431, o que significa que em 11 dias aumentou quase 8 vezes. Se continuar nesse ritmo no final do mês de janeiro o número poderá chegar próximo dos 300 mil. Por isso, cabe a cada um da população se cuidar ao máximo. 

Aumento de pacientes em estado grave

O dia teve 8 óbitos, sendo 1 em Tochigi, Gunma, Saitama, Chiba, Hiroshima, Nagasaki e 2 em Osaka. 

Houve um aumento de 43,4 mil pacientes, somando 286.909, sendo que 404 estão em estado grave. De um dia para outro o aumento de enfermos graves foi de 117 pacientes. Há províncias com taxa de ocupação dos leitos acima de 50%. 

Em contrapartida, são 1.769.534 pessoas recuperadas.

O total de testes PCR realizados na quinta-feira (20) foi de 193.483, incluindo os dos aeroportos. 

Veja a tabela com os dados por província. As em vermelho são as que tiveram o maior número desta epidemia.

REGIÃO PROVÍNCIA N.º DIA
Hokkaido 1.644
Tohoku Aomori 183
Iwate 33
Miyagi 217
Akita 55
Yamagata 74
Fukushima 116
Kanto Ibaraki 595
Tochigi 350
Gunma 645
Saitama 2.405
Chiba 2.215
Tóquio 9.699
Kanagawa 3.412
Hokuriku Niigata 470
Toyama 72
Ishikawa 229
Fukui 98
Koshin Yamanashi 159
Nagano 435
Tokai Gifu 577
Shizuoka 1.156
Aichi 3.187
Mie 325
Kinki Shiga 445
Quioto 1.467
Osaka 6.254
Hyogo 2.944
Nara 488
Wakayama 275
Chugoku Tottori 85
Shimane 190
Okayama 549
Hiroshima 1.532
Yamaguchi 307
Shikoku Tokushima 57
Kagawa 171
Ehime 260
Kochi 107
Kyushu Fukuoka 2.668
Saga 293
Nagasaki 485
Kumamoto 644
Oita 287
Miyazaki 339
Kagoshima 288
Okinawa 1.236
Aeroportos 132
TOTAL 49.854
Fontes: News Digest e MHLWepidm

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Bebê nasce com 4 pernas e 4 braços na Índia e é idolatrado

Publicado em 21 de janeiro de 2022, em Notícias do Mundo

A mulher indiana deu à luz um bebê com o dobro de braços e pernas. O recém-nascido passou a ser idolatrado pelos locais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto: Jam Press Vid/Newslions, via Daily Star

O jornal Daily Star noticiou na terça-feira (18) que os moradores locais estão idolatrando um recém-nascido com deficiências graves. Eles querem tirar fotos com ele, crendo que é uma encarnação divina.

Publicidade

Segundo o jornal, os médicos diagnosticaram que os gêmeos nasceram dessa forma porque não conseguiram se desenvolver normalmente devido às complicações na gravidez.

Há pernas entre o rosto e o abdômen da criança. Além disso, alguns dos órgãos estão expostos ao exterior e o sexo ainda não é conhecido.

A mãe do recém-nascido tem recebido visitas no Hospital Sadar, no leste da Índia, desde que deu à luz na segunda-feira (17), à criança com o dobro de braços e pernas.  

As fotos mostram a criança sendo cercada por moradores fascinados enquanto tiram fotos do recém-nascido com os seus órgãos expostos.

Mesmo descansando sobre uma cesta com lençóis coloridos, junto da mãe sentada na cama do hospital, as pessoas os cercam.

Fontes: Chuo Nippo e Daily Star

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância