Acidente entre táxi e trem em Ibaraki

Colisão entre trem e táxi em cruzamento pode ter sido causado pela neve.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem: ANN

Por volta das 0h de sexta-feira (11), um táxi e um trem de 2 vagões colidiram em cruzamento ferroviário próxima à Estação Moriya, em Ibaraki.

Publicidade

Segundo a polícia, o motorista do táxi, de 60 anos, bateu o peito e foi levado ao hospital, mas passa bem.

O cruzamento tinha um disjuntor, e o condutor do trem explica que o carro “apareceu do nada“.

A polícia explica que a pista estava congelada e havia acúmulo de neve no local, o que pode ter causado o acidente.

Fonte: ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Governo japonês aprova medicamento antiviral da Pfizer

Publicado em 11 de fevereiro de 2022, em Sociedade

Segundo os ensaios clínicos da farmacêutica, esse medicamento reduz os riscos de hospitalização e morte em até quase 90%.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As cartelas têm kits de 1 comprimido branco e 2 de cor rosa (ANN)

Na quinta-feira (10) o MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão anunciou a aprovação do medicamento antiviral Nirmatrelvir, com a marca comercial Paxlovid, da farmacêutica americana Pfizer.

Publicidade

É um pacote com 3 comprimidos para ser usado durante 5 dias, duas vezes ao dia, para os pacientes com covid.

O governo comprou uma quantidade para atender 2 milhões de pacientes e começará a ser entregue em 14 deste mês para as instituições hospitalares, inicialmente para atender 40 mil testados positivo para o coronavírus.

Até 27 deste mês o novo medicamento deverá chegar em 2 mil instituições hospitalares. Segundo a fabricante Pfizer, esse remédio reduz os riscos de internação e morte em 88%.

No entanto, para prescrevê-lo é preciso estar atento ao paciente, pois não pode ser tomado junto com outros medicamentos para tratamento de hipertensão, hiperlipidemia, insônia ou outros. 

Em relação às pessoas com HIV, pacientes com função renal ou hepática comprometida, gestantes e lactantes devem tomar cuidado ou não tomá-lo. 

Depois do molnupiravir, este é o segundo aprovado pelo governo japonês.

Fontes: ANN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância