Há 2 anos, OMS declarava emergência devido ao coronavírus

Mais de 375 milhões de pessoas no mundo contraíram o vírus, e 5,7 milhões morreram em decorrência da covid-19 desde a declaração.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cerca de 5,7 milhões morreram em decorrência da covid-19 desde a declaração (banco de imagens)

Mais de 375 milhões de pessoas em todo o mundo foram infectadas pelo coronavírus desde quando a Organização Mundial da Saúde- OMS declarou uma emergência há 2 anos.

Publicidade

Alguns países estão agora agindo para relaxar restrições em esforços para viver com o vírus.

A OMS declarou em 30 de janeiro de 2020 que o surto do novo coronavírus constitui uma emergência de saúde pública de preocupação internacional.

Dados compilados pela Universidade Johns Hopkins nos EUA mostram que mais de 375 milhões de pessoas no mundo contraíram o vírus, e aproximadamente 5,7 milhões morreram em decorrência da covid-19 desde a declaração.

Novas variantes surgiram e causaram várias ondas de infecções.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou que a ômicron tem se espalhado a uma velocidade surpreendente em todo o mundo, e que a pandemia está longe de acabar.

A altamente contagiosa ômicron causou escassez aguda de trabalhadores em vários setores e levou alguns governos, incluindo aqueles nos EUA e Reino Unido, a reduzirem períodos de quarentena obrigatória.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Vôngoles supostamente cultivados em Kumamoto eram de origem estrangeira

Publicado em 1 de fevereiro de 2022, em Sociedade

Investigação do governo indica que 97% dos vôngoles comercializados como “de Kumamoto” tinham origem estrangeira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem: ANN

O Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca anunciou nesta terça-feira (1) os resultados da investigação em cerca de 1.000 lojas do país realizada entre os meses de outubro e dezembro do ano passado. A investigação abordou lojas que eram suspeitas de venderem vôngoles de origem estrangeira como sendo de Kumamoto.

Publicidade

Segundo as autoridades, a venda estimada nesses três meses é de cerca de 2.485 toneladas, entretanto, foram capturados apenas 21 toneladas de vôngoles em Kumamoto em todo o ano de 2019.

Visto que as vendas ultrapassam muito a produção de vôngoles, o ministério resolveu conduzir a investigação. Análises de DNA indicaram que há a grande possibilidade de aproximadamente 97% dos vôngoles terem origem estrangeira.

O ministério e governos locais continuarão a investigar a situação mais a fundo, e punir devidamente os vendedores que cometeram atos de violação da Lei de Rotulagem de Alimentos.

“É um ato que afeta a confiança do consumidor”, comentou o ministro Kaneko em coletiva.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância