Residentes em Hong Kong esvaziam prateleiras de supermercados após aumento da covid-19

Residentes de Hong Kong se aglomeraram em supermercados para estocar alimentos após um número recorde de infecções por covid-19.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Residentes de Hong Kong se aglomeraram em supermercados e estabelecimentos de alimentos frescos de bairros na segunda-feira (7) para estocar vegetais, macarrão e outros itens de necessidade diária após um número recorde de infecções por covid-19 na cidade e interrupções no transporte na fronteira com a China continental.

Publicidade

A cidade de 7,5 milhões reportou um recorde de 614 casos de coronavírus na segunda-feira, no maior teste para a estratégia zero-covid do território chinês.

Hong Kong importa 90% de seus recursos alimentares, com a ilha principal sua fonte mais importante, especialmente para alimentos frescos.

Os consumidores já constataram uma escassez de certos produtos importados, incluindo frutos do mar especiais, devido a rigorosas restrições de voos.

O governo tentou aliviar as preocupações sobre uma escassez de alimentos da ilha principal após alguns caminhoneiros que atravessam fronteiras terem testado positivo para o coronavírus.

Vários motoristas foram forçados a se isolarem, mas os fornecimentos de alimentos frescos “continuava estáveis”, apesar de uma queda no abastecimento de vegetais a certos mercados, disse o governo no domingo.

Prateleiras com vegetais, lenços de papel e cup noodles estavam vazias em vários supermercados na ex-colônia britânica, com consumidores fazendo estoque por preocupações de que produtos podem ficar ainda mais difíceis de conseguir nos próximos dias.

Fonte: Channel News Asia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Estudante salva idosa do atropelamento pelo trem

Publicado em 8 de fevereiro de 2022, em Sociedade

O colegial viu uma idosa em dificuldade sobre os trilhos e a salvou de um acidente fatal, por isso recebeu homenagem de agradecimento da polícia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Estudante com o diploma de agradecimento recebido na delegacia (NHK)

O estudante do segundo ano colegial, japonês 岡本啓正, 16 anos, residente em Hidaka (Wakayama), foi homenageado no dia 4 deste mês pela Delegacia de Polícia de Gobo, por ter salvado a vida de uma idosa na faixa dos 90 anos. 

Publicidade

Segundo informações da polícia, por volta das 11h15 de 27 de dezembro de 2021, estava voltando do seu treino de tênis, de bicicleta, quando viu a senhora atravessando os trilhos no cruzamento da linha férrea entre Gobo e Kii-Uchihara na Linha JR Kisei. 

Parou a sua bicicleta e ficou observando a idosa com a bengala na mão direita e uma sacola na esquerda. Passou um veículo kei pelo cruzamento livre e a senhora, ao tentar desviar do carro, caiu e ficou imobilizada sobre os trilhos. E nesse momento começa a soar a sinalização da aproximação do trem e a cancela baixou automaticamente.

Pedia do fundo do coração que desse tempo para salvá-la

O estudante relatou que pensou “tenho que ajudá-la”. A primeira ação foi pressionar o botão de emergência, instalado perto da cancela. Por ter acionado a emergência, o trem conseguiu parar 400 metros antes do cruzamento e ele pode carregar a idosa para fora dos trilhos, ilesa, saindo por baixo da cancela.

Botão de emergência perto da cancela (NHK)

O delegado disse que “é muito difícil tomar uma atitude rápida em um momento de urgência, por isso, somos gratos”. 

“Não havia outras pessoas ao redor. Pedia do fundo do coração que desse tempo para salvá-la. Fui capaz de agir surpreendentemente rápido”, declarou o estudante. 

Ao receber o diploma de agradecimento disse “estou feliz que a vovó não tenha se ferido”. E contou sorrindo para o delegado que seus pais sempre lhe ensinaram que “seja gentil com as pessoas”.

Fontes: Yomiuri e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância