Snowboarder é encontrada enterrada na neve e morre em seguida

Uma mulher foi encontrada soterrada e, mesmo tendo sido socorrida, morreu no hospital.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Estação de esqui onde ocorreu o acidente fatal (ABN)

De acordo com a polícia, uma mulher caiu enquanto praticava snowboard no World Cup Mogul Skiing, no Madarao Kogen Ski Resort, na cidade de Iiyama (Nagano), por volta das 14h de segunda-feira (21).

Publicidade

Mais tarde, o marido, também snowboarder, a encontrou enterrada na neve até a cabeça e pediu ajuda à equipe de patrulha de esqui.

No momento do resgate, ela estava inconsciente e a morte foi confirmada no hospital para onde foi transferida após cerca de três horas e meia. A causa da morte foi por asfixia. 

A mulher estava deslizando em uma pista de neve não compactada para snowboarders de nível avançado, onde ela poderia desfrutar da powder snow.

Nesse dia a queda de neve foi intensa e contínua.

A polícia está investigando a causa do acidente fatal, já que era uma pessoa experiente. A vítima tinha 36 anos e era de Shinjuku-ku, Tóquio.

Fontes: ABN e NBS

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Covid-19: Inglaterra encerra leis de isolamento e testes gratuitos em massa

Publicado em 22 de fevereiro de 2022, em Notícias do Mundo

Ele disse que o país poderia agora completar a “transição de volta à normalidade” enquanto retém contingências para responder ao ressurgimento da covid ou de uma nova variante.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson (banco de imagens)

Todas as restrições relacionadas ao coronavírus na Inglaterra se encerrarão na quinta-feira (24) e os testes gratuitos em massa não serão mais realizados a partir de 1º de abril.

Publicidade

O primeiro-ministro disse aos membros do parlamento que a obrigação legal para isolar aqueles que testaram positivo seria abandonada porque ele revelou seu plano “vivendo com a covid”.

A partir de 1º de abril, o fornecimento de testes gratuitos seria destinado para os mais vulneráveis, disse Johnson.

Contudo, a Associação Médica Britânica, uma união de médicos, disse que o plano falhava em proteger aqueles sob maior risco da covid-19.

E partidos da oposição disseram que o plano do primeiro-ministro em sair da pandemia havia sido muito rápido e manifestaram preocupação sobre a redução de testes.

O governo escocês disse que a orientação de saúde pública que eles haviam recebido não recomendava a suspensão das restrições.

Falando em uma coletiva de imprensa em Downing Street na noite de segunda-feira (21), Johnson disse, “hoje não é o dia que podemos declarar vitória sobre a covid porque este vírus não irá embora”.

Entretanto, ele disse que a nação havia passado do pico da ômicron, com casos e internações em queda.

E ele disse que o país poderia agora completar a “transição de volta à normalidade” enquanto retém contingências para responder ao ressurgimento da covid ou de uma nova variante.

O Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS) estimou na semana passada que 1 em cada 20 pessoas na Inglaterra tinha covid-19.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância