Para quem gosta de pescar por lazer, o atum será liberado este ano

Se gosta de sair ao mar para pescar o atum grande, veja o período da liberação e as condições.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Atum-do-Pacífico (Wikimedia)

A Agência das Pescas do Japão anunciou na segunda-feira (7) que a pesca de lazer do atum-do-Pacífico (kuro maguro em japonês), a qual está proibida desde 21 de agosto de 2021, deverá ser liberada. 

Publicidade

O prazo da proibição segue até 31 de maio, conforme a regulamentação, portanto, a partir de 1.º de junho estará liberada novamente com condições, até 31 de março de 2023.

Será permitida a pesca de atuns grandes, de até 30 quilos, mas com restrição de 1 por pescador.

No entanto, se a quantidade de pesca exceder o padrão poderá ser proibida novamente, pois o número desses atuns cai significativamente no Oceano Pacífico. A pesca recreativa de pequenos peixes está proibida desde junho do ano passado. Além disso, a pesca de lazer para os grandes foi proibida desde o final de agosto do ano passado. Isso ocorreu porque os grandes foram capturados em um ritmo mais rápido do que o esperado.

O limite superior foi fixado em 10 toneladas em junho e depois em 10 toneladas a cada dois meses até dezembro. Se o pescador pegar um peixe grande e depois outro, precisará devolvê-lo imediatamente ao mar. A violação está sujeita a penalidades.

O atum-do-Pacífico pode chegar a 3 metros de comprimento e pesar 450 quilos. É um atum com barbatana azul e um dos maiores predadores dos oceanos. Sua pesca comercial é concorrida pois tem um alto valor de mercado.

Fontes: Asahi, Kobe Shimbun, JFA e Wikipedia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Crescem pedidos de boicote à Coca-Cola por continuar negócios na Rússia

Publicado em 8 de março de 2022, em Notícias do Mundo

Pedidos de boicote à Coca-Cola e outras marcas crescem porque até agora elas não suspenderam suas operações na Rússia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Garrafas de Coca-Cola em supermercado na Ucrânia (banco de imagens)

Pedidos vêm aumentando para um boicote à Coca-Cola, McDonald’s e PepsiCo porque as companhias até agora não se juntaram às posições de outras grandes empresas globais em suspender suas operações na Rússia.

Publicidade

Três redes de supermercados ucranianas anunciaram que estão removendo produtos da Coca-Cola de suas prateleiras e as hashtags #BoycottCocaCola, #BoycottPepsi e #BoycottMcDonalds foram trending no Twitter no último fim de semana, visto que clientes prometeram evitar seus produtos enquanto as empresas continuarem a fazer negócios com a Rússia.

Dezenas de grandes corporações incluindo a Apple e a Netflix suspenderam operações no país nos 10 dias desde o início do ataque em ampla escala de Valdimir Putin sobre a Ucrânia.

Entretanto, enquanto muitas empresas tomam posição, várias outras na área de alimentos e bebidas permaneceram em silêncio e se recusaram a cortar relações com a Rússia.

A McDonald’s, Coca-Cola e PepsiCo estão agora sob crescente pressão por parte de figuras políticas e usuários da mídia social para suspenderem seus negócios na Rússia.

A rede de supermercado ucraniana Novus disse na sexta-feira (4) que suspenderia as vendas de produtos da Coca-Cola, Fanta, Schweppes e BonAqua, criticando a companhia como “vergonhosa” por continuar a “trabalhar para os invasores em força total”.

O boicote ocorreu após a mídia estatal russa TASS ter divulgado na quinta-feira (3) que a companhia havia prometido manter os negócios abertos no país.

Fonte: The Independent

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância