Terça-feira: 65 mil novos casos e cumulativo de Tóquio passa de 1 milhão de infectados

Foram quase 15 mil a menos do que o total de terça-feira da semana anterior.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Na terça-feira (1.º) o país teve o total de 65.434 novos casos de infecção pelo coronavírus, com os maiores números nas mesmas províncias. 

Publicidade

Foram 11.813 em Tóquio, fazendo a soma cumulativa passar de 1 milhão de pessoas infectadas, ⅕ do país. Os testados positivo são de ampla faixa etária, de crianças a idosos de 80, porém 18% são da casa dos 40. A taxa de ocupação dos leitos é de 52%.

Osaka teve 8.966 testados positivo, foram 6.103 em Kanagawa, 4.635 em Aichi, 4.229 em Saitama, 3.603 em Hyogo, 3.385 em Chiba e 2.611 em Fukuoka. 

Nos extremos, Hokkaido teve queda, fechando o dia com 1.480, enquanto Okinawa registrou 1.029, número elevado, ou mesmo patamar de 28 de janeiro, quando ainda estava sob as medidas prioritárias.

Foram 1.354 em Shizuoka, 1.009 em Ibaraki, 813 em Gifu, 738 em Tochigi, 736 em Shiga, 698 em Gunma, 524 em Mie, 343 em Fukui, 329 em Nagano e 130 em Shimane.

O dia teve 236 óbitos, sendo 41 em Osaka, 32 em Tóquio, 23 em Kanagawa, 22 em Fukuoka, 15 em Hokkaido e em Aichi, 14 em Hyogo, 8 em Quioto e em Chiba, 7 em Saitama, entre outras.

O total de pacientes em tratamento é de 777.456, dos quais 1.456 estão em estado grave.

Em contrapartida, 4.277.417 pessoas se recuperaram da covid.

No domingo (27) foram realizados 37.469 testes PCR.

Veja os números de testados positivo por província.

REGIÃO PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 1.480
Tohoku Aomori 456
Iwate 289
Miyagi 639
Akita 299
Yamagata 215
Fukushima 294
Kanto Ibaraki 1.009
Tochigi 738
Gunma 698
Saitama 4.229
Chiba 3.385
Tóquio 11.813
Kanagawa 6.103
Hokuriku Niigata 313
Toyama 485
Ishikawa 329
Fukui 343
Koshin Yamanashi 250
Nagano 329
Tokai Gifu 813
Shizuoka 1.354
Aichi 4.635
Mie 524
Kinki Shiga 736
Quioto 1.004
Osaka 8.966
Hyogo 3.603
Nara 695
Wakayama 290
Chugoku Tottori 115
Shimane 130
Okayama 576
Hiroshima 503
Yamaguchi 281
Shikoku Tokushima 297
Kagawa 412
Ehime 361
Kochi 220
Kyushu Fukuoka 2.611
Saga 371
Nagasaki 453
Kumamoto 633
Oita 351
Miyazaki 226
Kagoshima 518
Okinawa 1.029
Aeroportos 31
TOTAL GERAL 65.434
Fontes: News Digest e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Imagens mostram comboio russo de 64Km de extensão em direção a Kiev

Publicado em 1 de março de 2022, em Notícias do Mundo

O vasto comboio russo composto por veículos armados, tanques, artilharia e veículos de suporte estavam a 25Km do centro da cidade de Kiev.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Comboio russo de 64Km de extensão em direção a Kiev (Maxar Technologies)

Um comboio de 64Km de tanques russos e outros veículos ameaçaram a capital da Ucrânia, Kiev, nesta terça-feira (1º), visto que um intenso bombardeio visou a segunda maior cidade do país, Kharkiv.

Publicidade

Ucrânia e Rússia buscaram retomar negociações nos próximos dias destinadas a encerrar o combate.

O presidente ucraniano disse que acreditava que o bombardeio intensificado era designado a forçá-lo a conceder a rendição.

“Acredito que a Rússia está tentando colocar pressão (sobre a Ucrânia) com esse método simples”, disse o presidente Volodymyr Zelensky no fim de segunda-feira (28) em um discurso em vídeo.

Ele não forneceu detalhes das negociações de horas que ocorreram, mas disse que Kiev não estava preparada para fazer concessões “quando um lado está atingindo o outro com artilharia pesada”.

Os desenvolvimentos ocorrem quando a Rússia se encontra cada vez mais isolada como resultados de condenação internacional e sanções econômicas potencialmente exaustivas.

Em cinco dias da invasão, os movimentos militares da Rússia foram paralisados por resistência feroz em terra e uma incapacidade de dominar o espaço aéreo.

Enquanto negociações ocorriam na fronteira bielorrussa, várias explosões podiam ser ouvidas em Kiev, e tropas russas avançaram na cidade de cerca de 3 milhões de pessoas.

O vasto comboio de veículos armados, tanques, artilharia e veículos de suporte estava a 25Km do centro da cidade e se estendia por cerca de 64Km, de acordo com imagens de satélite da Maxar Technologies.

Vídeos de Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, com uma população de aproximadamente 1,5 milhão, mostraram áreas residenciais sendo bombardeadas, com prédios sacudidos por repetidas explosões poderosas.

Autoridades em Kharkiv disseram que pelo menos 7 pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas.

Elas alertaram que o número de fatalidades poderia ser bem maior.

Mais de meio milhão de pessoas fugiram do país desde a invasão em 24 de fevereiro, com muitas delas seguindo para a Polônia, Romênia e Hungria.

Fonte: Time

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância