Compras no Costco pelo app e entrega programada, em Nagoia

Mesmo não sendo associados, os consumidores podem fazer compras no Costco e recebê-las em casa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Compras feitas por um app e entrega em casa (divulgação)

Mesmo não sendo associado ao Costco, as pessoas que quiserem fazer compras de mantimentos e necessidades diárias, podem usufruir do novo serviço de entrega a domicílio, no mais tardar no dia seguinte, se reside em Nagoia (Aichi).

Publicidade

O pedido é feito através de um app criado pelas empresas Chubu Electric Power Miraiz e Mitsubishi, podendo escolher dentre mais de 1,2 mil itens. A compra mínima é de 5,4 mil ienes e o consumidor pagará uma taxa fixa de ¥300 mais a tarifa de entrega de ¥500. É uma facilidade para quem não quer se deslocar até o Costco, principalmente para quem trabalha. 

O horário de entrega pode ser programado e o pagamento é através de cartão de crédito.

Por enquanto, as entregas estão sendo realizadas na cidade vizinha de Kitanagoia e nos bairros Nishi-ku e Kita-ku. Segundo a empresa, em breve fará ampliações das áreas e pretende atender as 3 províncias da região Tokai.

O app Kacchao está disponível para Android e Apple. Pode abrir através do código QR. 

Fonte: divulgação 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Leve queda de residentes brasileiros no Japão

Publicado em 2 de abril de 2022, em Sociedade

Os dados foram fechados no final do ano de 2021, baseados nos Zairyu Cards dos estrangeiros residentes no país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Zairyu Card (MOJ) e verde, amarelo e azul (Pixabay)

A leve queda de 4,4 % dos residentes estrangeiros no Japão, com total de 2.887.116, conforme mostram os dados fechados em 31 de dezembro de 2021, mostra que refletiu também nos brasileiros

Publicidade

Segundo o MOJ-Ministério da Justiça do Japão, isso se atribui à epidemia do novo coronavírus, com restrições nas medidas de fronteiras. 

As maiores comunidades continuam sendo das pessoas provenientes dos países asiáticos. Os verde amarelos estão em quinto lugar no ranking dos residentes estrangeiros. 

  1. China: 716.606
  2. Vietnã: 432.934
  3. Coreia do Sul: 409.855
  4. Filipinas: 276.615
  5. Brasil: 204.879 ou 7,4% do total
  6. Nepal: 97.109
  7. Indonésia: 59.820
  8. EUA: 54.162
  9. Taiwan: 51.191
  10. Tailândia: 50.324

Houve uma queda de 1,8% em relação aos residentes brasileiros, comparando com o ano anterior. Foi pouco ao olhar para os chineses (8%) e filipinos (10%).

Segundo as estatísticas, 30% dos estrangeiros possuem visto permanente, enquanto na comunidade verde amarela esse percentual sobe para 55%. Ou seja, 112.890 brasileiros.

O número de estudantes do Brasil é bem inferior ao dos demais países como a China (96.594) ou Vietnã (46.403), pois são apenas 443. 

As províncias que mais têm residentes estrangeiros continuam sendo Tóquio, Aichi, Osaka, Kanagawa, Saitama, Chiba, Hyogo, Shizuoka e Fukuoka, nessa ordem. 

Fonte: MOJ

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência