Ericsson suspende todas as operações russas indefinidamente

A prioridade é focar na segurança e bem-estar de funcionários da Ericsson na Rússia, disse a companhia sueca.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Placa da Ericsson no alto de prédio em Moscou, na Rússia (banco de imagens)

A rede de fabricantes de equipamentos de telefonia sueca Ericsson disse na segunda-feira (11) que estava suspendendo todas as suas operações russas devido à guerra na Ucrânia.

Publicidade

A gigante das telecomunicações anunciou no fim de fevereiro que suspenderia todas as entregas destinadas à Rússia após a invasão em 24 de fevereiro da Ucrânia por Moscou.

“À luz de recentes eventos e sanções da União Europeia, a companhia agora suspenderá seus negócios afetados com clientes na Rússia indefinidamente”, disse a Ericsson em uma declaração.

“A prioridade é focar na segurança e bem-estar de funcionários da Ericsson na Rússia e eles serão colocados sob licença remunerada”, disse. A Ericsson tem cerca de 600 funcionários no país.

Centenas de empresas ocidentais, da Ikea e Coca-Cola à Coldman Sachs e McDonald’s suspenderam operações no país desde a invasão, com o grupo bancário francês Société Générale anunciando na segunda-feira que estava vendendo sua participação no Rosbank da Rússia.

Fonte: Channel News Asia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Acidente fatal com caminhão da Força de Autodefesa do Japão, em Shiga

Publicado em 12 de abril de 2022, em Acidentes

Em uma curva, o veículo despencou de uma altura de 10 metros.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Guindaste retirando o caminhão do rio, 10 metros abaixo (FNN)

Por volta das 13h10 de segunda-feira (11), um caminhão da Força de Autodefesa Terrestre do Japão rompeu um guard rail e caiu em um rio, cerca de 10 metros abaixo, na rodovia nacional 161 em Makino-cho Noguchi, cidade de Takashima (Shiga).

Publicidade

A ocorrência foi comunicada por um transeunte que viu o caminhão tombado e ligou para o 119.

De acordo com a polícia da província, dois oficiais da Base de Kanazawa, cidade homônima da província de Ishikawa, estavam a bordo do caminhão.

O tenente de 3.ª classe, Akio Nakamura, 31, que estava no banco do passageiro, foi levado ao hospital, onde a morte foi confirmada. O sargento de terra de 3.ª classe, 23, que estava dirigindo, conseguiu sair por conta própria, ileso.  

A polícia informou que o caminhão transportava materiais, como artigos de barracas, da Guarnição de Kanazawa para o Campo de Treinamento de Aibano, na cidade de Takashima (Shiga).

O local onde ocorreu o acidente fatal tem uma curva suave e a polícia considerou que o motorista não conseguiu fazê-la, por isso caiu no rio. O militar que conduzia o caminhão admitiu que “dirigia rápido demais”.

Caminhão retirado do rio e colocado sobre a rodovia (ANN)

Fontes: Asahi, ANN e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência