Fabricante de iPhones suspende produção em duas cidades na China

Operações foram suspensas em Xangai e Kunshan enquanto as redes de fornecimento globais sentem o aperto das medidas ‘covid zero’ de Pequim.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As suspensões da Pegatron marcam o mais recente abalo para a Apple (ilustrativa/banco de imagens)

Uma principal fabricante de iPhones, a Pegatron, suspendeu operações em suas subsidiárias chinesas nas cidades de Xangai e Kunshan, enquanto redes de fornecimento globais sentem o aperto das rigorosas medidas “covid zero” de Pequim.

Publicidade

O centro financeiro de Xangai se tornou o coração do maior surto de covid-19 da China desde o surgimento do vírus há mais de 2 anos.

A cidade de 25 milhões de pessoas permanece quase que inteiramente isolada desde o início do mês.

“Suspendemos temporariamente o trabalho”, disse a Pegatron em um arquivamento junto à Bolsa de Valores de Taiwan na terça-feira (12).

A empresa taiwanesa disse que “coopera ativamente com autoridades locais” e que tentaria retomar as operações assim que possível.

A China registrou cerca de 28 mil casos de covid-19 na quarta-feira (13), a grande maioria em Xangai.

As suspensões da Pegatron marcam o mais recente abalo para a Apple, que tem visto interrupções em linhas de montagem de outras fornecedoras nos últimos meses enquanto a China enfrenta dificuldades para frear surtos do vírus.

Fonte: The Guardian

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Amigo de Putin foi preso na Ucrânia e a elite política russa ameaça autoridades ucranianas

Publicado em 14 de abril de 2022, em Notícias do Mundo

Um deputado pró-Rússia considerado traidor da Ucrânia e compadre de Putin foi preso e logo as autoridades ucranianas foram ameaçadas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto do suposto traidor com as algemas (SSU-Serviço de Segurança da Ucrânia)

O ex-presidente da Rússia e atual vice-secretário do Conselho de Segurança, Dmitriy Medvedev, mandou uma mensagem às autoridades ucranianas em um post por meio do aplicativo de mensagens Telegram, na quarta-feira (13).

Publicidade

O motivo é porque há planos da polícia da Ucrânia de interrogar o preso pró-Rússia, Viktor Medvedchuk, amigo do presidente Vladimir Putin, sobre a suposta colaboração com invasores russos. E antes dele ser trocado pelos presos ucranianos na Rússia, o ex-presidente Medvedev disse:

“Essas pessoas devem olhar ao redor e trancar suas portas à noite, para que não acabem entre os prisioneiros em troca”, em tom ameaçador.

O prisioneiro Medvedchuk é bem próximo de Putin, pois o presidente russo é padrinho de sua filha mais nova. 

Considerado traidor, foi encontrado com uniforme do exército russo 

O Serviço de Segurança da Ucrânia anunciou sua prisão na terça-feira (12) e o presidente Volodymyr Zelensky comemorou com um post no Instagram.

O Chefe do Serviço de Segurança da Ucrânia (SSU), Ivan Bakanov, agradeceu seus oficiais pela prisão do chamado de traidor, em uma operação rápida e perigosa, quando mencionou que para fugir estava usando um uniforme do exército ucraniano. “Mas isso ajudará você a escapar do julgamento? Nunca! Nada além de correntes esperam por você e outros traidores da Ucrânia”, manifestou Bakanov.

Ele enfatizou que os traidores pró-russos e agentes dos serviços secretos russos devem se lembrar: “Seus crimes não têm prazo de prescrição. E não há lugares onde não podemos encontrá-los!”.

Conforme relatado, soube-se em 27 de fevereiro que o deputado Viktor Medvedchuk, do partido pró-russo OPZH, suspeito de traição, escapou da prisão domiciliar. Coincidentemente foi 3 dias após a invasão russa na Ucrânia.

Em 2021 o tribunal da Ucrânia colocou Medvedchuk em prisão domiciliar em dois casos criminais – por produzir petróleo e gás no Mar Negro e ajudar e favorecer as atividades de uma organização terrorista por meio do fornecimento de carvão dos territórios temporariamente ocupados de Donbas.

Fontes: Ukrinform e NV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência