Japão participará de cúpula da Otan em junho, diz Blinken

O Japão não é um país-membro da Otan, mas é uma nação amigável aprofundando suas relações com membros da organização.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Otan está desenvolvendo suas parcerias com quatro países da Ásia-Pacífico (banco de imagens)

O Japão participará de uma cúpula da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) que será realizada no fim de junho em Madri, na Espanha, disse o secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, na terça-feira (26).

Publicidade

Ele fez a observação em audiência do Comitê de Relações Estrangeiras do Senado em resposta a uma pergunta do ex-embaixador dos EUA no Japão, William Hagerty, agora um senador.

A cúpula também terá a participação do presidente Joe Biden.

“O Japão amparou de maneiras marcantes a crise ucraniana”, disse Blinken na audiência, citando que o Japão não é um país-membro da Otan, mas é uma nação amigável aprofundando suas relações com membros da organização.

A Otan está desenvolvendo suas parcerias com quatro países da Ásia-Pacífico: Japão, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

Também na audiência, Blinken reagiu de forma positiva a uma proposta feita por Hagerty para criar uma nova força-tarefa sobre segurança de energia sob o panorama Quad envolvendo o Japão, EUA, Austrália e Índia, dizendo que isso é uma ideia interessante.

Fonte: Nippon

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Indonésia suspenderá exportações de óleo de palma e preços de produtos podem aumentar

Publicado em 27 de abril de 2022, em Ásia

Medida poderia piorar a crise alimentar global e aumentar os preços de centenas de produtos de consumo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Indonésia é a maior produtora de óleo de palma do mundo (ilustrativa/banco de imagens)

A Indonésia começará a restringir as exportações de óleo de palma nesta semana, uma medida que poderia piorar a crise alimentar global e aumentar os preços de centenas de produtos de consumo.

Publicidade

Os indonésios têm enfrentado problemas para conseguir produtos básicos de cozinha, visto que os preços globais do óleo de palma subiram, levando o governo a lançar subsídios em dinheiro, de acordo com a Antara, agência estatal de notícias.

O presidente Joko Widodo (Jokowi) anunciou na sexta-feira (22) que a Indonésia suspenderia as exportações de óleo de cozinha e matérias-primas usadas para produzi-lo “até novo aviso”, em uma tentativa de garantir fornecimentos locais. A suspensão entra em vigor na quinta-feira (28).

O país no Sudeste Asiático é o maior produtor de óleo de palma do mundo e o anúncio de 22 de abril fez com que os preço dos commodities “se descontrolassem”, disse James Fry, presidente da empresa de consultoria LMC International.

Mas as restrições também devem incluir a oleína de palma, um produto mais processado que é usado para óleo de cozinha e foram estimados 40% a 50% das exportações da Indonésia, de acordo com analistas.

Isso aumentaria a inflação, assim como os preços globais de alimentos atingiriam máximos históricos.

O que é o óleo de palma?

O óleo de palma é um ingrediente comum encontrado em grande parte dos alimentos no mundo, cosméticos e itens domésticos.

Fry disse que o preço de muitos itens como óleo de cozinha, macarrão instantâneo, aperitivos, produtos assados e margarina poderão aumentar quando a suspensão da Indonésia entrar em vigor.

Os preços do óleo de palma já estavam sob pressão após a invasão da Ucrânia pela Rússia, enquanto mercados enfrentavam dificuldades para encontrar alternativas para envios de óleo de girassol parados nos portos do Mar Negro. A Ucrânia é tipicamente uma grande produtora de óleo de girassol, mas foi “completamente desregulada pela Rússia”, disse Fry.

“Temos a perfeita tempestade”, acrescentou ele, citando que outros fatores, como as secas na América do Sul e Canadá, também haviam restringido os fornecimentos de óleo de soja e de canola, respectivamente.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência