Principais empresas mudam para mais recrutamento e crescimento pós-covid

A proporção de tais empresas otimistas aumentou em 25 pontos em comparação a uma pesquisa realizada há 1 ano.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Empresas estão projetando recuperação pós-covid-19 (ilustrativa/banco de imagens)

Quarenta e dois por cento das principais empresas japonesas estão planejando aumentar a contratação de novos graduados no ano fiscal de 2023, mostrou uma pesquisa da agência Kyodo no domingo (17), refletindo que mais companhias estão projetando uma recuperação da pandemia de coronavírus.

Publicidade

A proporção de tais empresas otimistas aumentou em 25 pontos ante uma pesquisa realizada há 1 ano, superando a daquelas que estão planejando diminuir a contratação de novos graduados, a 9%, pela primeira vez em 3 anos.

Das 117 empresas entrevistadas, 49 disseram que contratarão mais no ano com início no próximo mês de abril comparado aos níveis do ano anterior.

A pesquisa também descobriu que as consequências sobre seus planos de recrutamento em decorrência da invasão da Ucrânia pela Rússia são vistas como relativamente limitadas.

Dentre outras entrevistadas, 30% disseram que manterão os mesmos níveis do ano fiscal de 2022, enquanto 14% estavam indecisas.

A pesquisa foi conduzida entre meados de março e início de abril.

Negócios que haviam sido atingidos duramente pela pandemia, como companhias aéreas e o setor de turismo, destacaram sua determinação em aumentar o recrutamento, enquanto elas tentam explorar novas maneiras para crescimento. A ANA e Imperial Hotel estão entre eles.

Em contraste, algumas companhias nos setores de finanças e energia disseram que cortarão contratações de novos graduados e que, ao invés disso,  planejam expandir o recrutamento de pessoas de meia carreira e melhorar a eficiência dos negócios através de digitalização.

Na pesquisa, a razão mais comum dada para aumentar o recrutamento foi “expandir os negócios”, a 33%, seguida por 18% citando a necessidade de balancear a distribuição etária de funcionários.

Fonte: Japan Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Gifu: incêndio destrói indústria e fere uma pessoa

Publicado em 18 de abril de 2022, em Sociedade

O fogo consumiu a indústria e causou queimadura no dono, mas sua família está a salvo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Grande chama e fumaça no local (vídeo enviado por telespectador da Nagoya TV)

Por volta das 18h52 de domingo (17), uma pessoa da vizinhança ligou para o 110 relatando fogo em uma indústria de madeira em Kaizu (Gifu).

Publicidade

Os bombeiros conseguiram controlar o fogo por volta das 20h mas o incêndio não tinha sido completamente extinto até horário, levando mais tempo por causa dos materiais.

No mesmo terreno há uma casa da família dessa indústria, cujos membros foram todos evacuados, mas o dono da empresa, 49 anos, sofreu queimaduras leves e foi encaminhado para o hospital.

Segundo a polícia e os bombeiros, a indústria, o depósito e um estacionamento, em área total de 500 metros quadrados, foram completamente destruídos pelo fogo.

Os peritos da polícia e bombeiros estão investigando a causa do incêndio.

Fontes: Tokai TV e Nagoya TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência