Japan Post lança novo cartão de débito com bandeira Visa

Esse novo cartão substituirá o Mijica, que também tinha a função de cartão de crédito pré-pago.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Se pode escolher entre os dois designs (divulgação)

O prático cartão de débito Mijica, dos Correios do Japão, está com os dias contados. Será encerrado em 31 de julho deste ano, pois desde outubro do ano passado foram interrompidas as novas inscrições por causa de uma invasão no sistema, colocando em risco a segurança do serviço.

Publicidade

Mas, a boa notícia é que o Japan Post providenciou um novo, o Yucho Debit (ゆうちょデビット), também com a bandeira Visa, muito mais seguro.

Se já tem conta no Yucho Ginko ou Japan Post Bank, esse novo cartão de débito facilita o cashless no pagamento nas lojas de conveniência, supermercados, lojas de departamento e em diversos estabelecimentos comerciais.

Mas, também é muito útil e seguro para as compras online, pois se pode carregar apenas a quantia que pretende gastar, como cartão de crédito pré-pago.  

Além disso, não é preciso pagar anuidade e ainda recebe de volta 0,25% do uso mensal de compras na conta do Yucho Bank.

Campanha de estreia

Até 31 de julho deste ano o Japan Post está com uma campanha para as novas inscrições, oferecendo ¥500. No entanto, se é usuário do cartão Mijica e se o usou até 1.º de janeiro de 2022, ganhará um extra de ¥500, portanto, são mil ienes.

Em ambos os casos, o valor será depositado na conta, no mês seguinte à inscrição, desde que tenha usado o cartão pelo menos 3 vezes.

Para efetuar a inscrição é preciso que o endereço esteja atualizado no Japan Post. Toque aqui para abrir o link da inscrição ou vá até uma agência dos Correios onde tem um tablet para isso. O cartão será enviado posteriormente por correio, de um dos 2 modelos que escolher.

Fonte: divulgação 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Russos compram propriedades nos Emirados Árabes Unidos para fugir de sanções

Publicado em 26 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

Aumento no número de clientes russos buscando propriedades de luxo nos Emirados desde o início da guerra.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A ilha artificial Palm Jumeirah de Dubai está entre os locais mais populares procurados pelos russos (banco de imagens)

Russos ricos estão comprando propriedades nos Emirados Árabes Unidos em uma aparente tentativa de proteger suas riquezas das sanções do Ocidente impostas após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Publicidade

Agentes de imobiliárias em Dubai dizem que observaram um aumento no número de clientes russos buscando propriedades de luxo nos Emirados desde o início da guerra.

A ilha artificial Palm Jumeirah de Dubai está entre os locais mais populares procurados pelos russos. Funcionários dizem que propriedades beira-mar avaliadas em mais de US$700 mil estão vendendo bem.

Uma sociedade imobiliária disse à rede NHK recentemente que contratou dois funcionários que falam russo para lidar com a demanda em aumento. A empresa, no entanto, se negou a revelar o número de propriedades que ela vendeu para cidadãos russos.

Os Emirados são conhecidos pelos seus laços econômicos com a Rússia. No ano passado, Dubai foi o terceiro destino mais popular entre viajantes russos, seguindo Índia e Arábia Saudita.

A nação também mantém uma relação cooperativa com Moscou na OPEC Plus, uma aliança de nações produtoras de petróleo. O governo dos Emirados reiterou seu comprometimento em trabalhar junto com a Rússia sobre política de produção de petróleo, mesmo após a invasão à Ucrânia.

O chefe executivo de uma empresa imobiliária disse que clientes russos vêm chegando em números sem precedentes.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância