OMS faz alerta aos países sobre varíola dos macacos

A OMS disse em uma declaração emitida na sexta-feira que havia cerca de 80 casos confirmados em 11 países até agora.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Série de novos casos de varíola dos macacos reportada em mais países (NHK)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está pedindo aos países que fiquem em alerta contra a varíola dos macacos (monkeypox, em inglês e サル痘 saruto, em japonês), uma doença infecciosa raramente encontrada fora da África, citando relatos de surtos ocasionais no Ocidente.

Publicidade

Uma série de novos casos de varíola dos macacos, uma doença viral, foi reportada no Reino Unido, EUA e outros países ocidentais em maio.

As autoridades da saúde do Reino Unido anunciaram na sexta-feira (20) que confirmaram mais 11 novos casos. Alemanha e Holanda também reportaram ocorrências.

A OMS disse em uma declaração emitida na sexta-feira que havia cerca de 80 casos confirmados em 11 países até agora, e que mais provavelmente serão reportados com a expansão da vigilância.

A organização disse que “está trabalhando com os países afetados e outros para expandir a vigilância da doença a fim de encontrar e dar apoio às pessoas que podem estar afetadas, e fornecer orientações sobre como administrar a doença”.

O Escritório Regional da OMS para a Europa diz que como as pessoas entram na temporada de verão na região da Europa, com encontros em massa, festivais e festas, o escritório está preocupado que a transmissão poderia acelerar.

Ele diz que, embora a maioria dos casos atualmente sob investigação na Europa seja até agora leve, a doença pode ser mais severa, principalmente em crianças pequenas, gestantes e indivíduos que são imunocomprometidos.

Os sintomas incluem febre, dores de cabeça e erupções cutâneas começando pelo rosto e se espalhando para o resto do corpo.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Brasil planeja trabalhar com Elon Musk para monitorar a floresta amazônica

Publicado em 21 de maio de 2022, em Brasil

O objetivo é monitorar a floresta amazônica usando tecnologia de satélite. A ação ocorre em meio ao desmatamento ilegal.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Encontro de Elon Musk e Jair Bolsonaro ocorreu em Porto Feliz, no estado de São Paulo (NHK)

O governo brasileiro anunciou um plano para trabalhar com o empresário Elon Musk a fim de monitorar a floresta amazônica usando tecnologia de satélite. A ação ocorre em meio ao desmatamento ilegal.

Publicidade

Musk, CEO da fabricante de veículos elétricos Tesla e da fabricante de foguetes SpaceX, se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro e líderes de negócios na sexta-feira (20).

Após a reunião, Bolsonaro disse que eles haviam começado a discutir o uso da tecnologia de satélite SpaceX para monitorar a Amazônia.

Mais de mil quilômetros quadrados da floresta brasileira foram perdidos em abril devido ao desmatamento ilegal e outros fatores. Essa foi a maior área perdida para o mês de abril nos últimos 6 anos.

Bolsonaro descreveu Musk como “uma pessoa objetiva que quer tornar seus sonhos realidade o mais rápido possível”. Ele acrescentou que o Brasil quer fazer sua parte ao reduzir a burocracia.

Uma mídia local líder citou que satélites já estão executando monitoramento detalhado de florestas e que o desmatamento ilegal não vai parar a menos que o governo aumente suas repressões.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância