Aviões militares russos se aproximaram do espaço aéreo do Japão

A Força de Autodefesa Aérea do Japão moveu seus caças em reposta, mas não houve violação do espaço aéreo do país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mapa mostrando o Japão em destaque (ilustrativa/banco de imagens)

De acordo com o Ministério da Defesa, quatro aviões aparentemente pertencentes às forças militares russas foram observados voando diretamente em direção ao espaço aéreo do Japão ao largo da costa da província de Hokkaido na noite de terça-feira (7).

Publicidade

Funcionários do ministério dizem que as Forças de Autodefesa do Japão descreveram a ação como rara nos últimos anos.

Eles dizem as aeronaves estavam sobrevoando o Mar do Japão em direção ao oeste de Hokkaido. Duas delas voltaram antes de alcançar o espaço aéreo territorial japonês e as outras duas mudaram de curso, para o norte, em direção a Sakhalin.

A Força de Autodefesa Aérea do Japão moveu seus caças em reposta. As autoridades disseram que não houve violação do espaço aéreo territorial do país.

As autoridades dizem que não houve quaisquer casos nos últimos anos de aeronaves militares russas voando diretamente em direção ao espaço aéreo territorial japonês.

Elas estão analisando o propósito da ação incomum das forças militares russas enquanto ficam em alerta e monitoram os céus.

Fone: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Passageira tetraplégica é deixada dentro de avião por mais de 1 hora e meia

Publicado em 8 de junho de 2022, em Notícias do Mundo

Victoria Brignell foi deixada dentro de um avião por mais de 1 hora e meia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Victoria Brignell, na imagem acima, foi deixada no avião por mais de 90 minutos (Twitter/@soniasodha)

O Aeroporto de Gatwick, no Reino Unido, pediu desculpas a uma mulher deficiente que foi deixada dentro de um avião por mais de 1 hora e meia após ele ter aterrissado.

Publicidade

De acordo com Victoria Brignell, que é tetraplégica, inicialmente disseram à ela que levaria 50 minutos para ajudá-la a deixar a aeronave.

O Aeroporto de Gatwick descreveu o tratamento dado à Brignell como “inaceitável”.

“Eu reservei a ajuda com 3 meses de antecedência, eles sabiam que eu estava vindo, e eu os lembrei há duas semanas e mesmo assim não recebi o serviço que eu esperava receber”.

A amiga dela, Sonia Sodha, tuitou uma foto de Brignell no avião.

“Eu não posso usar meus braços ou pernas. Para desembarcar eu preciso que duas pessoas me tirem da poltrona e me coloquem em uma cadeira de rodas estreita especialmente projetada para me empurrar pelo corredor para sair do avião, e me posicionarem na minha cadeira de rodas lá fora”.

“Minha cadeira de rodas chegou prontamente, mas as pessoas que supostamente me ajudariam a sair do avião não apareceram, elas estavam ocupadas em algum outro lugar”.

Bringnell disse que funcionários da British Airways a tiraram do avião e ela recebeu um pedido de desculpas do Aeroporto de Gatwick pelo Twitter, mas ela planeja apresentar uma queixa formal.

O aeroporto disse que iniciaria uma investigação sobre por que Brignell foi deixada dentro do avião por tanto tempo.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência