Cantor R.Kelly é condenado a 30 anos de prisão por crimes sexuais

R.Kelly, conhecido pelas suas músicas I Believe I Can Fly e Ignition, usou sua influência para atrair mulheres e menores.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Advogados do cantor, cujo nome real é Robert Sylvester Kelly, dizem que ele vai apelar da decisão (YouTube/NBC News)

O cantor dos EUA R. Kelly foi condenado a 30 anos de prisão por usar seu status de celebridade para abusar sexualmente de menores de idade e mulheres.

Publicidade

O artista de R&B, de 55 anos, foi considerado culpado em setembro passado na cidade de Nova Iorque por extorsão e crimes de tráfico sexual.

Advogados do cantor, cujo nome real é Robert Sylvester Kelly, dizem que ele vai apelar da decisão.

Usando uniforme de presidiário e óculos escuros, Kelly se negou a fazer uma declaração por conta própria e não reagiu quando o veredicto foi transmitido.

A juíza Ann Donnelly disse no tribunal federal do Brooklyn que a evidência refletiu a “indiferença de Kelly ao sofrimento humano” e “pura brutalidade” com as vítimas.

“Esse caso não é sobre sexo. É sobre violência e crueldade e controle”, disse Donnelly a Kelly.

O tribunal ouviu como Kelly, conhecido pelas suas músicas I Believe I Can Fly e Ignition, usou sua influência para atrair mulheres e menores de idade ao abuso sexual por mais de duas décadas.

O júri, na audiência de seis semanas de Kelly no Brooklyn, ouviu como ele traficou mulheres entre diferentes estados nos EUA, auxiliado por gerentes, guardas de segurança e outros membros de sua comitiva.

Eles também ouviram como Kelly havia obtido ilegalmente documentação para se casar com a cantora Aaliyah quando ela tinha 15 anos em 1994, sete anos antes de sua morte em um acidente aéreo.

O certificado, vazado na época, listava a idade de Aaliyah como 18. O casamento foi anulado meses depois.

Fonte: BBC, Channel News Asia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Médico e farmacêutico indiciados pela morte do paciente por elevada dose de morfina

Publicado em 30 de junho de 2022, em Crime

A morte acidental do paciente virou caso de polícia por causa de um erro na prescrição da dose do medicamento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência