Coreia do Sul e Japão retomam voos entre capitais suspensos após a pandemia

A rota entre o aeroporto de Gimpo de Seul e o de Haneda em Tóquio reabrirá em 29 de junho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Aviões da JAL, ANA e Air Do no Aeroporto de Haneda em Tóquio (banco de imagens)

O governo da Coreia do Sul disse na quarta-feira (22) que havia concordado com o Japão em retomar voos na próxima semana entre as capitais dos dois países, suspensos por mais de 2 anos devido ao coronavírus.

Publicidade

A rota entre o aeroporto de Gimpo de Seul e o de Haneda em Tóquio reabrirá em 29 de junho, com 4 companhias aéreas – a Korean Air e a Asiana Airlines da Coreia do Sul e a Japan Airlines e a All Nippon Airways – operando um total de oito viagens ida e volta por semana, disse o Ministério dos Transportes, acrescentando que o número de voos aumentará a partir de julho, dependendo da demanda.

O presidente sul-coreano Yoon Suk Yeol, que defende a melhoria de relações entre os dois países após anos de questões de tempo de guerra, havia manifestado seu empenho em retomar os voos para promover trocas entre os cidadãos dos vizinhos asiáticos.

A Coreia do Sul também retomou a e emissão de vistos para estrangeiros enquanto espera ajudar a aumentar o número de turistas do Japão.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Tensões aumentam entre Rússia e Lituânia

Publicado em 23 de junho de 2022, em Notícias do Mundo

Moscou ameaçou a Lituânia após ela ter proibido a transferência ferroviária de alguns produtos para o território russo de Kaliningrado.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Kaliningrado (em vermelho à esq.) faz fronteira com a Lituânia e Polônia (banco de imagens)

A Rússia alertou a Lituânia sobre consequências “graves” após ela ter proibido a transferência ferroviária de alguns produtos para o território russo de Kaliningrado.

Publicidade

Moscou “certamente responderá a tais ações hostis”, disse o alto funcionário de segurança Nikolai Patrushev.

A Lituânia diz que está apenas seguindo as sanções impostas pela União Europeia – UE em relação à invasão da Ucrânia por Moscou.

Kaliningrado – uma região estratégica onde a Frota Russa do Báltico está sediada – não tem fronteira com a Rússia.

O território ocidental foi anexado da Alemanha após a 2ª Guerra Mundial em 1945 e faz fronteira com a Lituânia e Polônia, que são membros da UE e Otan.

A região, onde vive um número estimado de 1 milhão de pessoas, depende pesadamente de importações de matérias-primas e peças de reposição da Rússia e UE.

O governador regional, Anton Alikhanov, disse que a proibição cobriria cerca de 50% dos itens que Kaliningrado importa.

Na semana passada, autoridades da Lituânia anunciaram que proibiriam produtos sujeitos a sanções da UE de passar pelo seu território para Kaliningrado.

O ministro de Relações Exteriores da Lituânia, Gabrielius Landsbergis, disse: “Não é a Lituânia fazendo alguma coisa, são as sanções que começaram a valer em 17 de junho.

Como membro da aliança militar Otan, a Lituânia é protegida por tratados coletivos de defesa.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância