Covid-19 está fazendo vírus comuns agirem de forma estranha, alertam médicos

Vacinações perdidas e períodos extensos em casa estão afetando a propagação do vírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Além de matar mais de 1 milhão de pessoas só nos EUA, a covid-19 também está influenciando como outras doenças comuns e obscuras afetam a população, alertam médicos.

Publicidade

Médicos no Hospital de Crianças New Haven em Connecticut, por exemplo, reportou um grande número de casos de paciente com adenovírus, rinovírus, vírus sincicial respiratório, metapheumovírus humano, influenza e parainfluenza, assim como covid-19.

“Não é típico em qualquer época do ano e certamente não é típico em maio e junho”, disse Thomas Murray, especialista em controle de infecções e professor associado de pediatria em Yale, ao site  Washington Post

“Nunca vimos uma temporada de influenza nos EUA se estender até junho”, disse o Dr. Scott Roberts, um outro especialista médico em Yale, no início deste mês.

A covid teve um impacto muito grande nisso. Agora que as pessoas tiraram as máscaras, os locais estão abrindo, estamos vendo os vírus se comportarem de maneiras muito estranhas que eles não faziam antes”.

Os vírus podem surgir de forma inesperada durante o verão porque muitos ficaram em casa durante os aumentos da covid no inverno, quando as condições tipicamente se espalham.

Outras condições como a varíola dos macacos e tuberculose podem ter se espalhado silenciosamente, visto que grande parte dos recursos de saúde pública estava sendo dedicada para rastreamento da covid-19.

Médicos também alertam que vários vírus podem estar aparecendo em crianças porque elas perderam os cuidados primários e regulares e vacinações nos últimos anos.

“Durante a pandemia de covid-19, o acesso a cuidados primários, incluindo vacinações, estavam indisponíveis para muitas crianças”, disse Jeniffer Horney à NBC, professora de epidemiologia na Universidade de Delaware.

Fonte: The Independent

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Keis elétricos da Nissan e Mitsubishi superam expectativa em pedidos

Publicado em 14 de junho de 2022, em Economia

As vendas oficiais ainda nem começaram, mas as concessionárias já receberam pedidos dos VEs kei.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

VE kei da Nissan, o Sakura (HP)

O kei elétrico Sakura da Nissan Motors, apresentado em 20 de maio, já obteve mais de 10 mil pedidos, quando ainda as vendas nem começaram. 

Publicidade

A Nissan e a Mitsubishi Motors irão iniciar as vendas oficialmente a partir de quinta-feira (16).  

Pelo Sakura a Nissan já recebeu 11.429 e pelo ekXEV (ek Cross EV) a Mitsubishi obteve 3,4 mil pedidos em 3 semanas. Devido ao efeito do subsídio, o número de pedidos foi maior do que o esperado porque pode ser adquirido a partir de pouco mais de 1 milhão de ienes e os consumidores estão se interessando mais pelos VEs, especialmente os de idade madura.

À esq. o ev XEV da Mitsubishi e à dir. o Sakura da Nissan (HP)

Segundo a Nissan, são 26% da faixa dos 60, 24% da faixa dos 50, 21% da faixa dos 70 e 18% da faixa dos 40 anos. Os pedidos de clientes na faixa dos 30 anos estão com o menor índice de 11%, mas a montadora tem uma expectativa de que deverá aumentar o interesse dos adultos jovens. 

O gerente-chefe de marketing da Nissan, Nobuhide Yanagi, analisa que o motivo da quantidade de pedidos se deve “ao efeito dos subsídios, é enorme”. Revelou que as áreas metropolitanas como Kanagawa, Tóquio, Osaka e Aichi são as que mais têm pedidos. 

Mais da metade dos pedidos são de clientes que não possuem um carro Nissan ou Mitsubishi. A Nissan estabeleceu uma meta de vendas anual de 50 mil unidades se não houver suspensão de subsídios.

Por outro lado, a Mitsubishi Motors também estabeleceu uma meta de vendas mensal de 850 unidades, mas começou bem, com 4 vezes mais do que havia planejado.   

Os dois VEs kei são equipados com bateria de 20kWh e podem rodar cerca de 180km com uma única carga.

As fabricantes Honda, Suzuki e Daihatsu também planejam introduzir keis elétricos até o ano 2025, mas as outras duas largaram na frente.

Fontes: Sankei e Young Machine

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância