Nagoia terá novo arranha-céu, o qual promete ser um marco em Sakae

Bem próximo a um dos pontos icônicos, a Torre de Nagoia, e também ao Oasis 21, o novo edifício irá movimentar ainda mais a área.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O novo arranha-céu a ser construído (Nagoya TV)

O projeto do novo arranha-céu em Sakae, de 41 andares acima do solo e 4 abaixo, de uma altura de aproximadamente 211 metros, sairá do papel para início das obras.

Publicidade

Será o mais alto dessa área comercial e de lazer da capital de Aichi.  

O novo arranha-céu será construído ao norte da loja de departamentos Mitsukoshi, desenvolvido pela Mitsubishi Estate. Na segunda-feira (13) foi realizada uma cerimônia de acordo com as tradições para a largada das obras. 

Baseado no conceito de um novo marco em Nagoia, o espaço do 31.º ao 41.º andar será ocupado pela rede hoteleira Hilton, com a marca Conrad, nome do fundador da rede internacional.

O edifício abrigará também escritórios, salas de cinema e instalações comerciais. 

“Gostaria de trabalhar na forma do primeiro passo para revitalizar toda a área de Sakae”, declarou Takashi Kobari, diretor executivo da filial Chubu da empresa Mitsubishi Estate. 

O novo edifício começará a ser construído em 1.º de julho e está programado para ser inaugurado no verão de 2026.

Projeto da vista noturna (Nagoya TV)

Fonte: Nagoya TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão torna ‘insultos online’ puníveis com 1 ano de prisão

Publicado em 14 de junho de 2022, em Sociedade

Isso ocorre em meio a uma crescente preocupação pública sobre ciberbullying disseminado pelo suicídio da estrela de reality show Hana Kimura.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O Parlamento do Japão aprovou na segunda-feira (13) uma lei tornando “insultos online” puníveis com prisão em meio a crescente preocupação pública sobre ciberbullying disseminado pelo suicídio de uma estrela de reality show que havia enfrentado abuso na mídia social.

Publicidade

Sob a revisão do código penal do país, que deve entrar em vigor neste verão, infratores condenados por insultos online podem ser presos por até 1 ano e multados em ¥300 mil (cerca de US$2,2 mil).

Isso é um aumento significante das punições existentes de detenção de menos de 30 dias e uma multa de até ¥10 mil (US$75).

A lei só foi aprovada após uma cláusula ter sido acrescentada, ordenando que ela seja reexaminada a cada 3 anos após entrar em vigor para avaliar seu impacto sobre liberdade de expressão.

Sob o código penal do Japão, insultos são definidos como humilhar publicamente a reputação social de alguém sem se referir a fatos específicos sobre eles ou uma ação específica, de acordo com um porta-voz do Ministério da Justiça.

O crime é diferente da difamação, definida como humilhar publicamente alguém enquanto aponta para fatos específicos.

Ambos são puníveis sob a lei.

A questão do assédio online ganhou proeminência nos últimos anos, com crescente pedidos por leis antibullying após a morte da lutadora profissional e estrela de reality show Hana Kimura.

Kimura, que era conhecida pelo seu papel no show da Netflix “Terrace House”, tirou a própria vida em 2020 aos 22 anos.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância