Sétima onda: 70% preocupados e 69% não irão viajar nem para visitar familiares

Esses índices foram o resultado de uma enquete que também verificou a popularidade de Kishida.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mulher em viagem (PxHere) e Kishida (Wikimedia)

A emissora de tevê FNN realizou uma enquete para avaliar a aprovação do governo Fumio Kishida e também o comportamento em relação à sétima onda de infecção pelo novo coronavírus.

Publicidade

O índice de popularidade do gabinete do primeiro-ministro Kishida é alto: 62% aprovam, 31% não e 7% não sabem responder. Embora tenha sido apresentada uma leve queda em relação a maio (69%), o ministério dele continua tendo a aprovação popular.

Reprodução FNN

O que mais esperam do governo de Kishida são:

  • 37% querem medidas contra o aumento do custo de vida
  • 34% gostariam que desse mais atenção à aposentadoria, sistema médico e bem-estar dos idosos
  • 32% medidas econômicas e empregos
  • 23% querem mais medidas contra a epidemia do coronavírus
  • 22% apontaram melhorias na taxa de natalidade e apoio na criação dos filhos

Além disso, em bem menor escala, desejam revisão da política em relação à energia e meio ambiente, diplomacia, segurança, emendas constitucionais, entre outros itens.

Funeral de Estado para Abe

Em relação ao Funeral de Estado (国葬, lê-se kokuso) para o ex-premiê Shinzo Abe, cujas despesas serão bancadas pelo cofre público, as opiniões se dividiram:

  • 32% acham que isso não foi uma boa decisão
  • 31% aprovam 
  • 19% ainda em dúvida, pendem para a aprovação
  • 15% ainda em dúvida, pendem para a não aprovação
  • 3% não sabem responder  

Feriado de agosto

Questionados sobre como se sentem em relação à sétima onda da infecção pelo coronavírus, se vê que a maioria está preocupada.

  • 70% responderam que estão preocupados
  • 29% não estão 
  • 1% não sabe responder

Em relação à visita à terra natal e às viagens durante o feriado de agosto, os resultados mostram que as pessoas estão preocupadas em evitar o aumento dos novos casos diários de infecção pelo coronavírus.

  • 69% não pretendem visitar a terra natal tampouco viajar
  • 13% pretendem viajar
  • 10% pretendem voltar à terra natal
  • 7% pretendem fazer os dois
  • 1% ainda não sabe

A enquete foi realizada entre os dias 23 e 24 de julho, entrevistando 1.138 pessoas com idade acima dos 18 anos, de todo o país.

Reprodução FNN

Fonte: FNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Fabricante dinamarquesa planeja expandir produção de vacina contra varíola dos macacos

Publicado em 26 de julho de 2022, em Notícias do Mundo

A Bavarian Nordic tem um produto com a marca Jynneos, Imvamune ou Imvanex, dependendo da geografia, e que tem validação dos EUA e da Europa para proteger contra a varíola dos macacos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

A Bavarian Nordic, a companhia dinamarquesa responsável pela vacina que está sendo usada para deter o surto global da varíola dos macacos, está em negociações para expandir potencialmente a capacidade de produção, disse o CEO da empresa na segunda-feira (25).

Publicidade

A fabricante de vacinas sediada em Copenhague tem um produto com a marca Jynneos, Imvamune ou Imvanex, dependendo da geografia, e que tem validação dos EUA e da Europa para proteger contra a varíola dos macacos.

A Bavarian tem uma capacidade de produção anual de 30 milhões de doses, incluindo a vacina contra a varíola dos macacos e outras que ela produz.

Ela pode atender a demanda de dezenas de milhões de doses para a vacina contra a varíola dos macacos, disse o chefe executivo Paul Chaplin em uma entrevista junto à agência de notícias Reuters, mas está trabalhando com uma fabricante por contrato sediada nos EUA para expandir sua capacidade de produção.

Casos da doença viral geralmente leve aumentaram para mais de 16 mil em cerca de 75 nações, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) no sábado (23), quando ela declarou o surto uma emergência de saúde pública de preocupação internacional.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência