A importância do colete salva-vidas no rio e o que fazer em caso de acidente

O governo de Gifu tem páginas online explicando detalhadamente os cuidados e os perigos no rio. Leia atentamente, inclusive sobre como agir ao ver alguém se afogando.

Ponte Mino sobre o Rio Nagara em Gifu (Wikimedia)

Promover um churrasco ou sair para pescar na beira do rio são atividades divertidas mas, segundo explicações do governo da província de Gifu, jamais se pode subestimar a água doce. 

Publicidade

Na província de Gifu os rios mais procurados são o Itadori e Nagara, nas áreas de Mino e Seki. No período de 2003 a 2020, 82 pessoas foram vítimas de acidentes só no Rio Nagara. O melhor é não nadar no rio, principalmente querer atravessar até a outra margem.

Mas, se for entrar, é indispensável o uso do colete salva-vidas, mas ainda assim, não se pode garantir que não se afogará, pois o fundo do rio é irregular, e de repente há locais profundos. 

O melhor é não nadar no rio, principalmente depois de ter ingerido bebida alcoólica, o que aumenta ainda mais o risco. A pessoa que entra no rio para nadar sem o uso do colete, se pode dizer que é um ato suicida, explica o site.

Todo pescador de ayu ou algum outro peixe também deve usar o colete para preservar a vida.

Saltar da ponte ou de uma rocha é outra coisa perigosa, explica a publicação no site. Além do risco de afogamento, a pessoa ainda poderá chocar contra alguma rocha e ficar gravemente ferida ou morrer.

Não são poucos os acidentes nos rios, envolvendo japoneses, brasileiros e pessoas de outras nacionalidades. Recentemente um brasileiro foi resgatado vivo, do Rio Nagara. Outro caso foi em um rio em Saitama, de afogamento e morte de brasileira. Em ambos os casos, as pessoas estavam em um grupo fazendo churrasco. 

Placa indica que já houve morte nesse local e pede para não entrar no rio (reprodução do post no Twitter)

O governo de Gifu explica no site que compreende que a pessoa talvez fique com vergonha de usar colete salva-vidas. Mas, isso pode ocorrer só na primeira vez porque não está acostumada. Sabendo que esse item irá protegê-la até certo ponto, a pessoa ficará mais segura e entenderá que esse é o novo padrão para desfrutar de um dia agradável na margem do rio.

O que fazer ao ver uma pessoa se afogando

Segundo as explicações, jamais se deve entrar correndo no rio para tentar salvar quando vê alguém se afogando. As instruções são:

  • Em primeiro lugar, grite para que as pessoas ao redor saibam
  • Mantenha a calma e ligue para o 119, informando o local e hora da ocorrência, número de pessoas se afogando e características da roupa como cor da camiseta ou do maiô   
  • Jogue um objeto flutuante em direção à pessoa que está se afogando, como uma garrafa PET de 2 litros, com um pouco de água para fazer peso. Essa atitude faz com que a pessoa que está em pânico perceba a garrafa
  • Peça ajuda de outras pessoas para formar uma corrente humana, sendo que a primeira a entrar na água deve levar uma caixa térmica vazia para se aproximar do afogado
  • Essas ações só são válidas se a vítima estiver em um local perto. Se estiver longe, espere o socorro chegar
  • Se a vítima estiver com colete salva-vidas, pode ser levada pela correnteza mas fica mais fácil resgatá-la quando chegar a um local mais raso

Caso queira ler em japonês as informações mais detalhadas, o post tem os links.

Fonte: Gov. Gifu

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Desconto para viagens será estendido até setembro

Publicado em 26 de agosto de 2022, em Economia

Desconto para viagens na província onde mora e regiões próximas terá prazo estendido.

Imagem: ANN

O “Kenmin-wari” (県民割) é uma medida para estimular a demanda turística com descontos para compras de souvenirs (omiyage) e para viagens dentro da província onde mora ou dentro de seis regiões definidas pelo governo, com previsão inicial de encerramento no fim de agosto.

Publicidade

O desconto, em princípio, é aplicado automaticamente em reservas feitas em sites de viagens.

Na quinta-feira (25), o governo anunciou que estenderá o prazo do desconto para até o fim de setembro. Entretanto, o “Zenkoku Ryoko Shien” (全国旅行支援), novo plano de descontos para estimular as viagens em todo o Japão, será adiado, sem data de início anunciada ainda.

Esta decisão é baseada no fato de que o número de novos casos de coronavírus permanece alto, e as autoridades analisaram que ainda não é o momento para estimular viagens longas. “Se a pandemia do coronavírus se acalmar, vamos implementar (o novo desconto) o mais rápido o possível”, comenta o Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo.

O “Zenkoku Ryoko Shien” oferecerá um desconto de até ¥11.000 por pessoa para cada dia de hospedagem, expandindo o suporte do “Kenmin-wari”.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros