Domino’s Pizza deixa a Itália por não conseguir conquistar clientes

A saída da companhia da Itália se deparou com aplausos no Twitter, onde usuário zombaram da Domino’s por tentar estabelecer mercado na terra da pizza.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma loja da Domino’s em Milão, na Itália (banco de imagens)

Apenas 7 anos após sua estreia em Milão, a Domino’s Pizza está se despedindo da Itália.

Publicidade

A gigante do fast food dos EUA fechou a última de suas 29 lojas na península italiana após enfrentar dificuldade em conquistar mercado no país, divulga o site Bloomberg.

A saída da companhia da Itália se deparou com aplausos no Twitter, onde usuários zombaram da Domino’s por tentar estabelecer mercado na terra da pizza.

A Domino’s chegou à Itália em 2015, quando ela já tinha mais de 12 mil lojas no mundo.

Ela planejava conquistar clientes com ingredientes “puramente italianos” incluindo “molho de tomate 100% e mozzarella, e produtos como Presunto de Parma, gorgonzola, Grana Prado e mozzarella de búfala Campana”, divulgou o CNBC na época.

Em relatórios de lucros no ano passado, a companhia responsável pelas franquias da Domino’s citou “níveis significantemente elevados de competição no mercado de delivery de comida” para sua fraca performance, divulgou o site Bloomberg.

Fonte: CNBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Alerta para o perigo de afogamento no rio em Hamamatsu

Publicado em 10 de agosto de 2022, em Sociedade

Panfletos, inclusive em português, estão sendo distribuídos para alertar sobre o perigo de nadar no rio e se afogar, depois do acidente fatal com um brasileiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Policial e funcionário do governo avaliando um trecho do Rio Atago (Shizuoka Shimbun)

Na terça-feira (8), a Delegacia de Polícia de Tenryu, da cidade de Hamamatsu, e os funcionários do governo da província de Shizuoka, fizeram uma avaliação local, no Rio Atago (Atagogawa), em Tenryu-ku.

Publicidade

Nesse rio, sob a Ponte Hirata, um menino brasileiro de 11 anos se afogou e morreu em 31 de julho deste ano. Seu pai também se afogou e foi socorrido pelo Doctor Heli.

Depois de feita a avaliação, a equipe compartilhou as informações sobre áreas perigosas no rio e as questões a serem abordadas na prevenção de acidentes.

Cerca de 80% dos visitantes da área do rio sob a Ponte Hirata (Hirata Oohashi) são brasileiros. A polícia local criou folhetos em português e inglês, explicando que as crianças devem ser acompanhadas dos responsáveis e a importância do uso do colete salva-vidas. 

Foi solicitado ao conselho que administra o estacionamento para colaborar com a distribuição desses folhetos explicativos aos visitantes.

“Gostaríamos de considerar e implementar uma chamada eficaz para evitar acidentes“, disse Hiroaki Ishizu, gerente da Seção de Gerenciamento de Terras da Sucursal Tenryu do Departamento de Engenharia Civil da Prefeitura de Hamamatsu.

Fonte: Shizuoka Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência