Jóquei japonês morreu na Nova Zelândia

Ele começou sua carreira trabalhando em um estábulo, para realizar seu sonho de se tornar jóquei. E conseguiu, mas foi breve.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Jóquei japonês (Nikkan Sports)

O jóquei japonês 柳田泰己 (Taiki Yanagida), 28 anos, o qual estava em estado crítico após cair de um cavalo no Hipódromo de Cambridge, na Nova Zelândia, na última quarta-feira (4), morreu na terça-feira (9).  

Publicidade

Na corrida final, o jóquei que montava o Te Atatu Pash sofreu uma queda a cerca de 250 metros da linha de chegada. Nessa ocasião, Yanagida sofreu ferimentos graves na cabeça e na coluna, e ficou inconsciente com a queda. Foi induzido ao coma e transportado para o hospital local e foi tratado na unidade de terapia intensiva (UTI).  

O jóquei japonês Yanagida morava na Nova Zelândia e era amado pelo seu público, conhecido pelo apelido de Tiger.

Nasceu no Japão, abandonou a faculdade e foi para a Nova Zelândia trabalhar em um estábulo enquanto treinava para ser jóquei e estreou profissionalmente em 2017. 

Este ano foi sua quinta temporada e ele teve 42 vitórias. Ao longo de sua carreira, Yanagida conquistou 162 vitórias, incluindo 3 em corridas de apostas, como o G2 Westbury Classic e o G3 Sunline Vers.

Fontes: Sponichi e Nikkan Sports

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Apenas 8 mil turistas estrangeiros visitaram o Japão em junho e julho

Publicado em 10 de agosto de 2022, em Sociedade

O país recebia mais de 30 milhões de turistas estrangeiros anualmente antes da pandemia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Turistas em Miyajima, Hiroshima, antes da pandemia de coronavírus (PM)

De acordo com a Agência de Serviços de Imigração, apenas 8 mil turistas estrangeiros visitaram o país em junho e julho.

Publicidade

O arquipélago relaxou seus controles de fronteira anticoronavírus e reabriu para turistas internacionais em 10 de junho pela primeira vez em cerca de 2 anos.

Turistas de 102 países e territórios incluindo EUA, Coreia do Sul e China podem entrar no Japão, mas apenas em grupos de excursão.

Segundo a agência, 252 turistas estrangeiros vieram ao Japão em junho e 7,9 mil em julho.

Autoridades dizem que a razão para o baixo número de turistas estrangeiros é que a China ainda restringe viagens ao exterior pelos seus cidadãos.

Elas também citam o processo demorado necessário para viajar ao Japão, visto que todos os turistas precisam obter visto e apresentar resultado negativo de teste PCR.

Embora o país esteja no meio da 7ª onda de infecções por coronavírus, a indústria do turismo está esperando que um iene mais fraco encoraje mais turistas estrangeiros a visitarem o Japão.

O país recebia mais de 30 milhões de turistas estrangeiros anualmente antes da pandemia.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência