Corpo seminu encontrado dentro da lixeira de restaurante em Aichi

O cadáver estava vestido apenas com um calção rasgado, dentro de uma lixeira de um restaurante.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Polícia no pátio do restaurante onde o cadáver foi encontrado (NHK)

Por volta das 14h de quarta-feira (23), um coletor de lixo viu algo parecido com pé humano em uma lixeira no pátio de um restaurante na cidade de Tsushima (Aichi) e comunicou o proprietário, o qual chamou a polícia.

Publicidade

A polícia verificou essa lixeira e encontrou o corpo de um homem vestido apenas com um calção rasgado. Segundo a polícia, o cadáver é de adulto e não apresentava lesões visíveis.  

A lixeira onde o corpo foi encontrado é de metal, com medidas de cerca de 1 metro de largura, de 1,5 metro de profundidade e de 1,5 metro de altura, e dentro dela foi encontrado algo como um cobertor.

Além disso, de acordo com a polícia, a empresa de coleta de lixo havia testemunhado que uma pessoa morava dentro dessa lixeira, há cerca de um ano, por isso, o restaurante não a usava.   

De acordo com um funcionário desse restaurante, cerca de um ano atrás, teve uma conversa com o homem em questão, na presença da polícia, pedindo para ele sair desse local. Afirmou que não o via recentemente.  

A polícia está investigando a causa da morte sob os aspectos de incidente e causa natural, além de se apressar para identificar o cadáver

Fontes: NHK e CBC TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Protesto na Foxconn: funcionários e candidatos ao emprego reprimidos pelas autoridades

Publicado em 24 de novembro de 2022, em Ásia

Essa é a maior fábrica de iPhone na China e o protesto ocorreu em meio à política covid zero.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Homem de jaqueta vermelha sendo agredido pelas autoridades durante o protesto (NTV)

Centenas de trabalhadores se juntaram ao protesto na principal indústria terceirizada da Apple para a fabricação de iPhones, a Foxconn na China, com algumas pessoas quebrando câmeras de vigilância e janelas, segundo as imagens publicadas nas redes sociais.

Publicidade

O protesto começou na quarta-feira (23), na imensa indústria na cidade de Zhengzhou (Henan), porque está sob a política covid zero e as pessoas se candidataram mas não conseguiram emprego e outras, pela frustração das regras muito rígidas em relação ao controle da propagação do coronavírus.

Também pela falta de habilidade do fabricante para lidar com essa situação, pois os funcionários foram obrigados a viver dentro das instalações para não terem contato com o lado externo, desde o final de outubro.

Segundo a imprensa chinesa, a Foxconn está tentando resolver a situação explicando que pagará o equivalente a cerca de 200 mil ienes aos trabalhadores que deixarem seus empregos para voltarem para suas cidades natais.

Alguns entraram em confronto com as autoridades e policiais, conforme imagens divulgadas pelas redes sociais, mas não se sabe oficialmente o número de feridos.

Autoridades reprimem o protesto (ANN)

Fontes: ANN e NTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância