Fabricante de pneus japonesa Bridgestone sairá da Rússia

A fabricante japonesa disse que seu negócio russo representa menos de 2% de suas vendas globais.

Fachada de um prédio da Bridgestone em Ulianovsk, na Rússia (banco de imagens)

A Bridgestone se tornou a mais recente fabricante japonesa a sair da Rússia, dizendo que ela iniciou um processo a fim de encontrar um comprador local para suas operações no país.

Publicidade

A fabricante de pneus suspendeu as operações em sua planta na cidade de Ulianovsk em março deste ano, após a invasão da Rússia à Ucrânia.

Autoridades na companhia disseram que a retomada era incerta, visto que a obtenção de peças se tornou difícil. A planta vinha produzindo pneus para carros de passageiros desde 2016.

A Bridgestone disse que planeja transferir cerca de mil funcionários para o comprador, incluindo trabalhadores na planta e em seu escritório de marketing na cidade de Moscou.

A fabricante japonesa disse que seu negócio russo representa menos de 2% de suas vendas globais, e que sua mais recente decisão não mudará sua previsão.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

DJ Vietnamita é preso porque não podia fazer esse bico

Publicado em 4 de novembro de 2022, em Sociedade

Um trabalhador vietnamita, com visto de estagiário técnico, foi preso porque não podia fazer o bico de DJ.

Trabalhador vietnamita preso (MBS)

Na quinta-feira (3) o vietnamita ブイ・ティエン・ダット, 26, de Osaka, recebeu sua segunda ordem de prisão por ter violado a Lei de Controle da Imigração. 

Publicidade

A prisão ocorreu depois que as polícias das províncias de Osaka e Okayama revisaram na noite de quarta-feira (2) o clube onde ele se apresentou como DJ em junho e julho deste ano, e teria recebido uma remuneração para isso.

Segundo a lei, os estagiários técnicos estrangeiros não podem ter uma segunda atividade. 

O vietnamita tem o status de residente como trabalhador qualificado especificado, portanto, além do seu trabalho em uma fábrica de metalurgia, não pode fazer bico.

Foi preso pela primeira vez em outubro porque se apresentou em clubes noturnos de Osaka, em Minami, além de outros locais do Japão, como em Okayama. Nessa ocasião teria dito que não recebia nada para essa atividade de DJ. 

Mas, após a segunda ordem de prisão, o vietnamita teria confessado que “viajei pelo país e ganhei dinheiro como DJ para construir conexões”. 

Essa é a realidade dos estagiários técnicos, bem diferente de outros estrangeiros que possuem outros tipos de visto, como no caso dos brasileiros, peruanos e outros, os quais têm liberdade para escolher suas atividades.

DJ vietnamita preso já tinha agenda para dezembro (MBS)

Fonte: MBS

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros