Fumio Kishida se encontra com Xi Jinping

A reunião ocorre em meio a frequentes incursões de embarcações do governo chinês em águas territoriais japonesas em torno das Ilhas Senkaku.

Fumio Kishida, primeiro-ministro do Japão, e Xi Jinping, presidente da China, se encontraram em Bangkok, na Tailândia (NHK)

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, e o presidente chinês, Xi Jinping, se encontraram em Bangkok, na Tailândia, marcando a primeira reunião bilateral pessoalmente para os dois países em 3 anos.

Publicidade

“É importante para ambos os lados acelerarem esforços a fim de construir relações positivas e estáveis entre Japão e China”, disse Kishida.

“Queremos compreender a direção de relações bilaterais a partir de um ponto de vista estratégico e construir relações que atendem às demandas da nova era”.

A reunião ocorre em meio a frequentes incursões de embarcações do governo chinês em águas territoriais japonesas em torno das Ilhas Senkaku.

O Japão controla as ilhas, enquanto a China e Taiwan as reivindicam. O governo japonês mantém que as ilhas são uma parte inerente do território japonês.

A China também vem aumentando a pressão militar sobre Taiwan. Durante recentes exercícios militares chineses perto de Taiwan, vários mísseis caíram dentro da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) do Japão.

Kishida diz que também levantou a questão de direitos humanos na China e a detenção de cidadãos japoneses por autoridades chinesas.

Os líderes concordaram em promover comunicações entre os países em todos os níveis, incluindo a retomada de diálogos ministeriais. Eles concordaram em organizar uma visita do ministro de Relações Exteriores japonês, Yoshimasa Hayashi, para a China.

Kishida manifestou preocupação com os programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte, e pediu a Xi que exercesse um papel no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Eles confirmaram que cooperariam para resolver a questão dos raptos décadas atrás de cidadãos japoneses pela Coreia do Norte.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Daikin investe 100 bilhões de ienes para aumentar produção na Índia e Sudeste Asiático

Publicado em 18 de novembro de 2022, em Ásia

A Daikin controla as maiores participações na Índia, Indonésia e Vietnã.

Na Indonésia, a Daikin gastará US$220 milhões em uma nova fábrica no subúrbio de Jacarta (banco de imagens)

A Daikin Industries investirá ¥100 bilhões (US$711 milhões) no Sudeste Asiático e na Índia nos próximos 4 anos para produzir peças principais e aparelhos de ar-condicionado de pequeno porte, buscando entrar na demanda nos mercados locais e solidificar sua posição número 1 nas áreas.

Publicidade

As aquisições planejadas e outros investimentos na região da fabricante de ar-condicionado japonesa até o ano fiscal de 2025 são um aumento de 60% do que ela investiu para o período de 4 anos precedente.

Na Indonésia, a Daikin gastará US$220 milhões em uma nova fábrica no subúrbio de Jacarta. A planta deve entrar em operação no ano de 2024 e produzir 1,5 milhão de aparelhos de ar-condicionado para casas ao ano, criando cerca de 2 mil empregos.

Na Índia, a Daikin investirá mais no lugar de uma fábrica sob construção, estabelecendo um novo prédio para produzir compressores de alta qualidade destinados a aparelhos de ar-condicionado de grande porte já em 2024.

Investimentos adicionais serão feitos em instalações existentes em outros lugares, como Vietnã. Na Tailândia, uma base de exportações para os EUA e outros mercados será feita.

A Daikin controla as maiores participações na Índia, Indonésia e Vietnã e vê vendas de aparelhos de ar-condicionado na Ásia e Oceania aumentando 26% para ¥500 bilhões no ano que termina em março.

A Ásia, excluindo Japão e China, contaram por cerca de 20% do mercado de aparelhos de ar-condicionado em termos de unidade em 2021, de acordo com a Associação da Indústria do Japão de Refrigeração e Ar-Condicionado.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros