Preço do combustível no Japão cai pela 1ª vez em 3 semanas

O preço médio do combustível diminuiu em 25 das 47 províncias do Japão, ficou inalterado em 6 e aumentou nas 16 restantes.

Ilustrativa (banco de imagens)

De acordo com o Ministério da Indústria na quarta-feira (2), o preço médio da gasolina regular desde a segunda-feira (1º) caiu ¥0.1 em comparação à semana anterior, sendo cotado a ¥169.1 por litro, queda pela 1ª vez em 3 semanas, refletindo preços mais baratos de petróleo bruto, disse na quarta-feira (2) o Ministério da Indústria.

Publicidade

O preço médio do combustível diminuiu em 25 das 47 províncias do Japão, ficou inalterado em 6 e aumentou nas 16 restantes. O preço mais alto foi registrado em Nagasaki, a ¥182.

Subsídios do governo pagos a distribuidoras de petróleo na semana até a quarta-feira ajudaram a baixar os preços do combustível em ¥36.7. A partir desta quinta-feira (3), o valor de subsídios será de ¥36.3 por litro.

Fonte Jiji

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coreia do Norte lança uma série de 17 mísseis, sendo que um gera alerta na ilha do Sul

Publicado em 2 de novembro de 2022, em Ásia

A tensão está elevada na Coreia do Sul por causa dos pelo menos 100 projéteis lançados na quarta-feira, mais os 17 mísseis, sendo 2 em direção ao Japão.

Emissora da Coreia do Sul interrompe programação para emitir alerta de ataque aéreo, pedindo à população da Ilha de Ulleungdo buscar abrigo antinuclear (ANN)

A Coreia do Norte disparou cerca de 100 projéteis de artilharia no Mar do Leste depois de lançar pelo menos 17 mísseis balísticos e outros em apenas sete horas na quarta-feira (2), segundo os militares sul-coreanos.

Publicidade

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS) informou que o vizinho do Norte lançou 4 mísseis balísticos de curto alcance (SRBMs) no Mar Amarelo da província de Pyongang do Norte por volta das 6h51.

Alerta de evacuação para população da ilha Ulleungdo

Os militares sul-coreanos também detectaram o lançamento de mais 3 mísseis balísticos de curto alcance (SRBM) de um local dentro ou ao redor da cidade costeira oriental de Wonsan por volta das 8h51.

Foi a primeira vez desde a divisão das duas Coreias que o Norte enviou um míssil balístico para o sul, passando pela NLL, acrônimo de Linha de Limite Norte, uma demarcação marítima no Mar Amarelo entre Coreia do Norte e Coreia do Sul, firmada em 1945.

Míssil que iria atingir a ilha caiu a 57km da costa da Coreia do Sul, ultrapassando a LLN (ANN)

Às 8h55 foi emitido alerta de evacuação para o subsolo para a população da ilha sul-coreana de Ulleungdo, para proteção de um possível ataque nuclear.

Cerca de 10 mil pessoas residentes na ilha correram para os abrigos e lá permaneceram por cerca de 20 minutos.

Mais lançamentos de manhã e à tarde

A partir das 9h12, Pyongyang realizou uma série de mais de 10 lançamentos de mísseis, incluindo aqueles que se presume serem SRBMs e mísseis terra-terra, de vários locais no Mar do Leste e no Mar Amarelo, acrescentou o JCS. Um deles foi em direção ao Mar do Japão.

Os militares sul-coreanos também avistaram mais de 100 projéteis de artilharia lançados do condado de Kosong, província de Kangwon, na zona de amortecimento oriental estabelecida sob um acordo militar intercoreano assinado em 19 de setembro de 2018 para reduzir as tensões na fronteira, por volta das 13h27.

A Coreia do Sul enviou uma mensagem formal de alerta à vizinha do Norte, instando o recalcitrante regime de Kim Jong-un a cessar imediatamente todas as provocações. Segundo o presidente Yoon Suk-yeol, “foi efetivamente uma violação de nosso território”.

Mais um míssil em direção ao Japão

Por volta das 16h34 a Coreia do Norte lançou pelo menos um míssil balístico em direção ao Mar do Japão, segundo informações do Ministério da Defesa do Japão (MOD). Mas, presume ter caído fora da Zona Econômica Exclusiva (ZEE).

O possível míssil balístico voou uma curta distância a uma altitude muito baixa, máxima de cerca de 50 quilômetros. Não há relatos de danos aos navios, segundo a Guarda Costeira do Japão.

Fontes: NHK, ANN e Yonhap News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros