Tempestade de neve no final de semana

A previsão até segunda-feira é de tempestade de neve e nevasca em algumas regiões como Hokuriku.

Imagem ilustrativa de neve acumulada (PxHere)

Da noite de sábado (17) a segunda-feira (19), a previsão indica a entrada da forte frente fria, a pior desta temporada. A neve deverá cobrir ampla faixa do Mar do Japão, de Hokkaido a Kyushu.

Publicidade

Existe o risco de ocorrer a Japan Sea Polar Air Mass Convergence Zone (JPCZ), a causa da nevasca nas regiões Tohoku e Hokuriku. A população de Fukui, Ishikawa, Toyama e Niigata deve redobrar os cuidados.

A JPCZ é uma zona de convergência criada pelos ventos gelados que fluem da Sibéria, com cerca de mil quilômetros de extensão que se forma sobre o Mar do Japão no inverno.

Por conta desse fenômeno o arquipélago japonês está sob temperaturas muito baixas, o pior frio desta temporada, além dos ventos fortes, como de tufão.

Além das regiões com nevasca, a queda de neve deve acontecer no norte de Kinki, na região costeira de Chugoku e Kyushu, não só nas regiões montanhosas, mas também nas planícies. 

Também estão previstos flocos de neve em Shikoku, Nara, Wakayama, Nagano, Gifu, e parte de Shiga, Aichi e Shizuoka.  

É quase certo que haverá lugares onde vai nevar pela primeira vez nesta temporada. 

Mapa da tempestade de neve e nevasca de Hokuriku a Tohoku, até a noite de domingo (Weather News)

Há risco de avalanches nas regiões com muita queda de neve, o que requer vigilância. Com ventos tão fortes quanto os de um tufão, combinados com a neve, a visibilidade fica comprometida.

A recomendação para os motoristas nas regiões onde há previsão de queda de neve é trocar os pneus para rodar com segurança. Para quem usa o transporte público deve conferir se está operando normalmente.

Caso queira acompanhar a situação da neve, a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ) disponibiliza uma página para visualizar o acúmulo e as previsões nas próximas 3, 6, 12, 24 e 48 horas (toque aqui para abrir).

Fontes: AMJ, WeatherNews e Tenki

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Sexta-feira: 153 mil novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 16 de dezembro de 2022, em Sociedade

Houve um aumento de 26,5 mil em relação à sexta-feira da semana anterior.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 153.602 testados positivo para o novo coronavírus na sexta-feira (16), aumentando a soma cumulativa para 26.821.853 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Nos aeroportos foi apenas 1 passageiro, totalizando 22.616 nesta epidemia.

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 16.273
  2. Kanagawa: 10.061
  3. Aichi: 9.258
  4. Osaka: 8.725
  5. Saitama: 8.333

São 491 pacientes em estado grave, em tratamento da covid no país, tanto na UTI quanto necessitando de ventilação mecânica, 30 a mais do que no dia anterior.

O dia teve 259 óbitos pela covid, elevando a soma cumulativa para 52.823 mortes nesta epidemia.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão. 

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 5.592
Tohoku
Aomori 1.620
Iwate 1.705
Miyagi 3.557
Akita 1.201
Yamagata 1.143
Fukushima 2.833
Kanto
Ibaraki 3.870
Tochigi 2.463
Gunma 2.618
Saitama 8.333
Chiba 7.027
Tóquio 16.273
Kanagawa 10.061
Hokuriku
Niigata 2.974
Toyama 1.274
Ishikawa 1.474
Fukui 1.019
Koshin
Yamanashi 1.044
Nagano 2.490
Tokai
Gifu 2.921
Shizuoka 4.259
Aichi 9.258
Mie 2.475
Kinki
Shiga 1.510
Quioto 2.584
Osaka 8.725
Hyogo 6.090
Nara 1.605
Wakayama 1.129
Chugoku
Tottori 1.011
Shimane 1.027
Okayama 2.419
Hiroshima 4.662
Yamaguchi 1.482
Shikoku
Tokushima 828
Kagawa 1.172
Ehime 2.101
Kochi 871
Kyushu
Fukuoka 7.497
Saga 1.494
Nagasaki 1.522
Kumamoto 3.213
Oita 1.559
Miyazaki 1.509
Kagoshima 1.418
Okinawa 690
TOTAL GERAL 153.602
Fontes: MHLW e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros