Tailândia anula exigência de prova de vacinação contra Covid para entrada no país, diz ministro

O ministro da Saúde da Tailândia substituiu novas regras anunciadas no sábado (7) pela reguladora de aviação, antes da China reabrir suas fronteiras.

Placa de chegadas internacionais no Aeroporto Don Mueang em Bangkok, na Tailândia (banco de imagens)

A Tailândia anulou uma política anunciada no último fim de semana exigindo que visitantes apresentem prova de vacinação contra Covid, disse o ministro da Saúde do país nesta segunda-feira (9).

Publicidade

Anutin Charnvirakul disse aos repórteres que prova de vacinação não era necessária, visto que há imunização suficiente globalmente, enquanto aqueles não vacinados teriam entrada concedida sem restrição.

Ele substituiu novas regras anunciadas no sábado (7) pela reguladora de aviação, antes da China reabrir suas fronteiras.

A Autoridade de Aviação Civil da Tailândia (CAAT) disse em uma declaração no sábado que com início nesta segunda-feira, todas as chegadas estrangeiras devem provar que estão imunizadas ou apresentar um carta certificando que estão recuperadas do coronavírus dentro de 6 meses.

Fonte: Channel News Asia

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Primeira companhia japonesa de táxi a introduzir VE que não é da Toyota

Publicado em 9 de janeiro de 2023, em Economia

Além de já estar usando VE a MK Taxi já anunciou que em 2025 irá começar a operar com veículos autônomos.

VE BMW i7, já em uso pela MK Taxi (divulgação)

Em relação aos táxis autônomos, aqueles sem motorista, existem exemplos de experimentos de demonstração no Japão, mas ainda não há caso de uso comercial. 

Publicidade

Mesmo a maior montadora do Japão, a Toyota, que possui tecnologia autônoma, ainda não anunciou planos para táxis autônomos.

Já chegou 2023 e a companhia de táxi MK, de Tóquio, começará a usar carros autônomos em 2 anos, e poderá ser o primeiro exemplo no Japão.

A MK Taxi anunciou em 23 de dezembro de 2022 que está entusiasmada com a introdução de tecnologias avançadas relacionadas a automóveis, como a aquisição e operação do veículo elétrico (VE) da marca alemã BMW.

De acordo com um comunicado de imprensa, a Tokyo MK adquiriu 20 unidades BMW i7. O que a MK tem em mente é a concretização de uma sociedade livre de carbono. Também irá contribuir para os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável).

Espera-se reduzir o número de acidentes em comparação com a direção manual ao usar o VE autônomo da BMW. Desta vez a Toyota não foi a marca escolhida.

A propósito, a MK Taxi também é conhecida por sua implementação proativa de dispositivos de suporte à segurança, como a frenagem automática. Em abril de 2022, o total desses veículos chegou a 638 unidades, chegando a 87% da frota.  

Mas a JPN Taxi está realizando teste com veículo da Toyota, então fica a expectativa para ver qual das companhias será a primeira a introduzir os carros com direção autônoma.

Interior luxuoso do veículo elétrico BMW i7 usado pela MK Taxi (divulgação)

Fontes: divulgação e Jidounten Lab

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros