Brasileiro é preso por convidar japonesa na rua mas se deu mal, era policial

Ele a abordou para fazer um convite sem imaginar que era uma policial à paisana.

Imagem ilustrativa de viatura policial (Flickr)

Na manhã de quarta-feira (8) a polícia informou sobre a prisão de um homem brasileiro, sem divulgar seu nome, por violação da Portaria de Prevenção da Lei de Incômodos da Província de Aichi.

Publicidade

O brasileiro, de 27 anos, que mora em Higashi-ku, cidade de Nagoia, teria abordado uma japonesa na calçada em Sakae 3 chome, área cheia de bares e clubes noturnos, por volta das 16h30 de terça-feira. 

Teria dito em japonês “quer trabalhar na noite?”. Ainda por cima, emendou dizendo que apresentaria os clubes “cabaré e girls bar”, “que tal experimentar?”.

Mas, se deu mal pois a mulher era uma policial à paisana fazendo ronda na área, a qual o prendeu em flagrante.

Na delegacia, o brasileiro teria dito que “não falarei nada até que venha um advogado”. 

Essa portaria de Aichi coibe uma série de ações, como vigiar, perseguir ou preparar uma emboscada para alguém, entre outras. Mas, também em relação aos clubes noturnos, de abordar pessoas nas ruas para trabalhar ou para “arrastar” os clientes até esses estabelecimentos, cuja atividade é chamada de yobikomi.

Fonte: Nagoya TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ex-cartomante é preso por tentativa de agressão sexual de adolescente

Publicado em 8 de fevereiro de 2023, em Crime

O sortista que vive um sistema de poligamia teria envolvido a consulente adolescente ao ponto de fazer uma lavagem cerebral.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Empregos no Japão - HUMAN