Covid mata criança com menos de 10 anos

Dos casos de óbito divulgados pela imprensa, o que se vê é que a maioria das crianças não tinha comorbidade e não foi vacinada.

SARS-CoV-2 ou coronavírus (Wikimedia)

Embora o número de casos diários esteja em queda na oitava onda de infecção do coronavírus, como se vê abaixo, o de óbitos ainda está elevado.

Publicidade
  • sexta-feira (3): 39.924 testados positivo e 237 óbitos
  • sábado (4): 38.581 e 256
  • domingo (5): 32.459 e 188
  • segunda-feira (6): 15.612 e 124

O governo da província de Okinawa informou na terça-feira (7) sobre a morte de uma criança com menos de 10 anos, pela covid, a qual tinha comorbidade e sem histórico de vacina. Foi o primeiro caso de óbito de uma criança pequena na província e também de uma adolescente sem comorbidade e que não recebeu vacina.

O problema que os governos de cada província tem é que os familiares das crianças que foram a óbito, não permitem a divulgação. Por isso, o que sai na imprensa pode ser apenas uma parte.

Segundo o governo de Okinawa, já ocorreram outros 15 óbitos de crianças pela covid. Embora as respectivas famílias não tenham permitido, achou importante divulgar sob o ponto de vista da saúde pública. 

Outros casos de mortes de crianças pela covid

Fazendo uma breve volta no tempo, em março de 2022 o governo da província de Quioto informou sobre o óbito de uma criança pequena, em idade pré-escolar, acometida pela covid. Nessa ocasião, a informação é de que foi o 2.º caso do Japão, pois o primeiro foi em Kanagawa.

Em meados de abril do ano passado foi confirmada a morte de uma criança, menina, com menos de 10 anos, pela covid, em Tochigi. Em maio, uma outra teve sequelas, ficando com uma parte do corpo paralisada. Nenhuma delas tinha comorbidade

Em agosto, uma menina testada positivo em Tóquio, com sintomas leves, em tratamento domiciliar teve o quadro alterado rapidamente e foi a óbito no hospital. Ela também não tinha comorbidade.

Nessa época ainda não tinha no mercado as vacinas contra covid para crianças

Mais mortes de crianças não vacinadas

Na província de Kagoshima, um bebê (menos de 1 ano) e uma criança de 11 anos morreram pelo mesmo motivo, provavelmente infectadas pela variante ômicron, em setembro do ano passado.

Nessa ocasião o governo insistiu para que as crianças recebessem vacina.

Mas, em novembro foram confirmadas mais duas mortes de menores de 10 anos em Aomori.

Fontes: MHLW, Asahi, Okinawa Times, NHK, Minami Nippon, Toonippo e Kyoto Shimbun

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ciberpatrulha descobre tráfico: presos tinham mais de ¥100 milhões em drogas

Publicado em 7 de fevereiro de 2023, em Crime, Sociedade

O gancho para iniciar as buscas foi a descoberta do tráfico nas redes sociais. As polícias de diversas províncias colaboraram para elucidar o caso.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!