Página excluída do sistema

A página solicitada foi movida ou excluída

Desculpe, a página solicitada foi excluída do sistema... Por diversos motivos, alguns conteúdos são excluídos após algum tempo.

As seções principais do Portal Mie (clique para abrir):

- HOME - página inicial

- NOTÍCIAS DO JAPÃO E DO MUNDO

- EMPREGOS NO JAPÃO

- EVENTOS E FOTOS PORTAL MIE

- MAGAZINE PORTAL MIE

- AGENDA DE EVENTOS

Por favor utilize a busca do Portal Mie para encontrar outros itens com este mesmo tema.

Publicidade

+ lidas agora

> >

--

Reversão de Okinawa ao Japão: 51 anos sem a desejada paz

Publicado em 16 de maio de 2023, em Sociedade

O povo de Okinawa comemorou os 51 anos de reversão ao Japão com pedido definitivo de paz como foi convencionado na ocasião.

Manifestação do povo de Okinawa pedindo paz (QAB)

A data de 15 de maio é um marco importante para a população de Okinawa, aniversário da reversão ao país

Publicidade

Passados 51 anos, a província de Okinawa continua tendo 70% de todas as bases miliares norte-americanas do Japão concentradas na ilha. Além disso, foi instalada a guarnição da Força de Autodefesa na cidade e ilha de Ishigaki em março deste ano. Portanto, o forte desejo de “paz nas ilhas sem bases” ainda está distante.

Em 1952, Okinawa foi separada da área do Japão pela conclusão do Tratado de Paz de São Francisco e, colocada sob o controle dos Estados Unidos durante 27 anos, tendo retornado ao país em 15 de maio de 1972

Desde então, a população aumentou de cerca de 960 mil para 1,46 milhão, com progresso na melhoria da infraestrutura social, mas o problema da disparidade de renda permanece até os dias atuais.

O governo da província de Okinawa continua apelando para a retirada das bases militares americanas, mas em vão. Os problemas causados pela instalação das bases são elevados em Okinawa, como barulho das aeronaves militares, incidentes causados ​​pelos soldados, problemas ambientais, entre outros.

Além disso, estão previstas instalações de unidades antimísseis na ilha principal e também na guarnição Ishigaki da Força de Autodefesa Terrestre do Japão, inaugurada em março de 2023. No futuro, há planos para implantar novas unidades de mísseis na ilha principal, em Ishigaki e Yonaguni.   

Guarnição da Força de Autodefesa do Japão em Ishigaki, uma das cidades de Okinawa (NHK)

A população de Okinawa teme o ataque dos inimigos com a instalação das bases antimísseis nas ilhas da província.

Já se passaram 51 anos desde que Okinawa retornou ao Japão, mas, ao contrário das expectativas na época, da retirada em larga escala das bases americanas, o fardo da segurança do Japão ainda pesa muito sobre as ilhas.

Muitos okinawanos foram para a manifestação na rua com o pedido Peace Action 2023 ou “ação de paz” na tradução literal, desejando fortemente um futuro pacífico enquanto olha para o seu passado.

Cartaz com a escrita “Peace Action 2023”, no dia da reversão de Okinawa ao Japão (QAB)

Fontes: QAB e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!