Amazon vai abrir 2 novos centros de distribuição no Japão, criando 3 mil empregos

Os novos locais, um na província de Chiba e outro na de Saitama, devem abrir em agosto deste ano.

Os locais na cidade de Chiba e de Sayama devem ser abertos em agosto deste ano (banco de imagens)

A Amazon Japan estabilizará dois novos centros de distribuição no país, criando mais de 3 mil empregos, anunciou a companhia na quinta-feira (1º).

Publicidade

Os novos locais, um na cidade de Chiba (província homônima) e outro em Sayama (Saitama), devem abrir em agosto deste ano. Os prédios terão espaço útil combinado de 200 mil metros quadrados.

O Amazon Chiba Minato Fulfillment Center a ser criado na cidade de Chiba será o maior centro robotizado da companhia no Japão onde robôs vão coletar das prateleiras e se mover pelo local.

O sistema automatizado ajudará funcionários e reduzirá o tempo para estocar e retirar os itens das prateleiras. Ele também permite mais espaço e o prédio pode, aparentemente, ser estocado com até 40% de itens a mais do que depósitos convencionais, o que significa que a companhia poderá ampliar variedades de produtos.

Enquanto isso, o Amazon Sayama Hirosedai Fulfillment Center na cidade de Sayama lidará especificamente com produtos da moda, como vestuário, relógios e sapatos. Ele terá equipamento necessário para armazenar e empacotar tais itens.

A Amazon Japan diz que esses centros de distribuição criarão mais de 3 mil empregos, incluindo pessoal para gestão de qualidade de produtos, gestão de manutenção da construção e envios.

A companhia terá cerca de 25 centros de distribuição no Japão após a abertura dos novos locais.

“Queremos contribuir para o crescimento de distribuidores domésticos através de uma base de expansão significante”, disse um representante da Amazon Japan.

O Amazon Sayama Hirosedai Fulfillment Center (à esq.) e o Amazon Chiba Minato Fulfillment Center (à dir.) – Amazon Japan

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Alerta máximo em duas cidades de Shizuoka

Publicado em 2 de junho de 2023, em Tempo

Mais duas cidades do Japão estão sob alerta de nível 5, desta vez em Shizuoka.

Nível 5 de alerta, de preservação da vida (NHK)

A chuva torrencial que está assolando parte do arquipélago japonês está causando desastres em algumas localidades, na sexta-feira (2). Já foi emitido alerta máximo, de nível 5, em 4 cidades de Wakayama e também em Toyohashi (Aichi).

Publicidade

No começo da noite, pouco antes das 20h foi emitido alerta máximo (緊急安全確保), de nível 5, de preservação da vida, em duas cidades da província de Shizuoka.

Os residentes das áreas de Kise, Shimoishida e Yoneyama-cho, da cidade de Numazu, no total de 8.401 pessoas de 3.296 domicílios estão sob o alerta, portanto, devem se afastar das encostas e, no caso da inundação, buscar abrigo em lugar seguro, preferencialmente no segundo andar ou em local mais alto.

O mesmo alerta foi dado para uma parte dos residentes na cidade de Fukuroi, especialmente os que moram na área de Muramatsu, um rio transbordou. Outros dois rios estão prestes a transbordar, por isso, 11.741 pessoas de 4.877 domicílios de 4 áreas estão sob o alerta, necessitando preservar a vida acima de tudo.

Para acompanhar as áreas de risco em tempo real, acesse a página web da Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), chamada Kikikuru (toque aqui).

Além disso, saiba de antemão o que fazer quando for emitido o alerta de nível 4, com ordem para buscar um abrigo. Tenha em mãos a mochila de emergência e tome ações com cuidado.

Reprodução do Kikikuru, das 20h10, o qual mostra as províncias de Wakayama, Aichi e Shizuoka com áreas em roxo, indicando situação de alto risco

Fontes: AMJ e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!