Forte terremoto no Alasca provoca alerta de tsunami, com influência no Japão

O forte terremoto na costa do Alasca gerou alerta de tsunami no local e, consequentemente, influenciou a costa do Japão.

Estrela marca o epicentro do forte terremoto no Alasca, que provocou alerta de tsunami (USGS)

A Agência de Meteorologia do Japão (AMJ) anunciou, às 16h28 de domingo (16) um alerta de tsunami, informando que na costa do Oceano Pacífico, de Hokkaido a Chiba, terá ligeira variação no nível do mar, por volta das 20h30.

Publicidade

Existe uma grande possibilidade de que pequenas flutuações do nível do mar continuem ao longo dessas costas por cerca de meio dia. Portanto, as embarcações devem ficar atentas, bem como quem está nas praias dessa faixa litorânea.

Costa do Japão sublinhada em azul, com previsão de ligeira variação da maré (AMJ)

O anúncio foi feito logo depois da ocorrência do terremoto de magnitude 7,2 próximo às Ilhas Aleutas, no horário local de 22h48 de sábado (15).

O epicentro foi a 98 quilômetros de distância de Sand Point, no Alasca, a 32 quilômetros de profundidade, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

O Pacific Tsunami Warning Center está prevendo que a atividade do tsunami comece em Sand Point às 12h10, Kodiak às 12h35 e Cold Bay às 1h35 da manhã de sábado.

O aviso está em vigor para as costas do sul do Alasca e da península do Alasca no Oceano Pacífico, estendendo-se desde a entrada Kennedy localizada a 40 milhas a sudoeste de Homer até a passagem Unimak nas Aleutas.

Até as 17h ocorreram 4 réplicas e não há notícia de danos humanos.

Fontes: AMJ, News Digest, USGS e Alaska News

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Quarto tufão do ano afeta fim de semana prolongado em Okinawa

Publicado em 15 de julho de 2023, em Tempo

Depois de um mês, se formou o 4.º tufão do ano, o qual não afeta diretamente o Japão.

Formação do tufão no sábado e possível curso em direção ao sul da China (Yahoo!)

A Agência de Meteorologia do Japão (AMJ) anunciou sobre a formação do quarto tufão do ano, no Mar da China Meridional, às 16h20 de sábado (15).

Publicidade

Nesse momento o tufão Talim tinha 994hPa de pressão atmosférica central e área de tempestade de 330 quilômetros de diâmetro. 

Depois de ter passado pelas Filipinas como ciclone tropical, está avançando em sentido ao sul da China ou Vietnã, devendo causar danos na quarta-feira (19), pois deverá ganhar potência ao ponto de ser classificado como forte. 

Este é o primeiro tufão do mês de julho, cuja média anual é de 3,7. O nome Talim foi atribuído pelas Filipinas, para este quarto do ano.

Em relação ao Japão, as influências do tufão Talim são para a província de Okinawa, com ventos e elevação das ondas no sábado, além do acréscimo de chuva no domingo e segunda-feira, feriado.

Por isso, os turistas que aproveitaram o final de semana prolongado para viajar poderão se deparar com tempo instável nas ilhas e as atividades no mar poderão ser interrompidas. 

Fontes: AMJ, WeatherNews e Yahoo!

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!