Turistas terão que pagar para entrar em Bali, na Indonésia

O imposto para visitantes estrangeiros deverá ser pago eletronicamente e os fundos serão usados para preservar a cultura.

Balangan Beach em Bali, na Indonésia (banco de imagens)

Bali, na Indonésia, vai impor um imposto de 150 mil rúpias (US$10) sobre turistas que entram na “Ilha dos Deuses” a partir do ano que vem para preservar sua cultura, disseram autoridades na quarta-feira (12).

Publicidade

A ilha indonésia que depende de turismo atrai milhões de visitantes estrangeiros anualmente e está tentando capitalizar em sua popularidade para suplementar seus cofres e proteger seu encanto tropical.

O pagamento de uma taxa para turistas estrangeiros se aplica apenas uma vez durante a visita a Bali, disse o governador I Wayan Koster a legisladores locais.

O imposto deverá ser pago eletronicamente e se aplicará a turistas estrangeiros que entram em Bali do exterior ou de outras partes da Indonésia, disse ele.

Mais de 2 milhões de turistas visitaram Bali no ano passado, de acordo com número oficiais, visto que a ilha se recuperou da pandemia da covid-19 após impor uma política de tolerância zero contra quem quebra as regras.

Quando questionado se o novo imposto desencorajaria visitantes, Koster disse que as autoridades não acreditam que os números vão cair.

“Isso não é um problema. Usaremos os fundos para o meio ambiente, cultura e construiremos melhor infraestrutura de qualidade para que viajar a Bali seja mais confortável e seguro”, disse ele aos repórteres.

Fonte: Bangkok Post

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Menino é levado às pressas para o hospital após beber 6 garrafas d’água em 1 hora

Publicado em 13 de julho de 2023, em Notícias do Mundo

O menino de 10 anos sofreu ‘intoxicação por água’ após beber 6 garrafas do líquido em um curto período de tempo.

O menino de 10 anos bebeu 6 garrafas d’água em um período de 1 hora (ilustrativa/banco de imagens)

Um menino de 10 anos foi levado às pressas para o hospital com intoxicação por água após beber 6 garrafas do líquido.

Publicidade

Ray Jordan foi levado para o Hospital de Saúde Infantil Prisma em Columbia, na Carolina do Sul, nos EUA, após sofrer intoxicação por água. Ele estava brincando no lado de fora de casa com seus primos sob o clima quente e bebeu 6 garrafas de água dentro de 1 hora.

Sintomas de intoxicação por água começaram a aparecer, incluindo vômito e perda da função motora. Os médicos que o examinaram no hospital descobriram níveis extremamente baixos de sódio em seu sangue, uma condição que ocorre quando os rins não conseguem processar consumo excessivo de água.

Os pais de Ray, Stacy e Jeff Jordan, manifestaram preocupação com a condição do filho e descreveram seus sintomas, afirmando que ele parecia embriagado, afetado mentalmente e incapaz de controlar sua cabeça ou braços.

Ele correu no lado de fora com os primos e começou a brincar. Eles estavam rodeando a casa, um grupo de meninos juntos, pulando no trampolim”, disseram os pais à rede WIS-TV.

Depois de um tempo, o menino se sentiu exausto por causa do calor e começou a beber água. “Ele entrou e bebeu água. O que não percebemos foi o quanto ele bebeu”, disseram os pais.

Os médicos também descobriram inchaços em seu cérebro o que desencadeou forte dor de cabeça. Para lidar com a situação, eles administram fluidos para ajudá-lo a urinar e regular seus níveis de sódio e potássio no sangue.

Eventualmente, Ray se recuperou e não sofreu quaisquer efeitos duradouros. O incidente ensinou aos seus pais a importância de alternar entre água e bebidas esportivas para manter o balanço eletrolítico.

A família ficou grata aos funcionários do hospital e espera que a história aumente a conscientização sobre os perigos de intoxicação por água, principalmente durante o verão.

Fonte: The Mirror

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!