Ladrão de Rolex troca falsificado pelo original num passe de mágica

Só depois que o suposto cliente foi embora, percebeu-se que ele tinha deixado um Rolex falsificado na bandeja no lugar do original que furtou.

Ladrão no momento da troca do falsificado pelo original (imagens cedidas para NTV)

Segundo a reportagem da NTV uma relojoaria de luxo, situada em Ginza, Tóquio, foi alvo de furto por um homem que se apresentou dizendo que gostaria de ver um modelo dos relógios Rolex.

Publicidade

A relojoaria atende cada um dos clientes em um compartimento e esse pediu para ver um modelo específico do relógio Rolex, dizendo ser um fã que coleciona e tem 30 unidades.

Quando a atendente lhe mostrou o modelo Daytona solicitado, o homem o observou atentamente como se fosse um expert. Quando a atendente foi pegar um outro modelo, deixando esse da bandeja sobre a mesa, a câmera de segurança gravou o momento inesperado para a relojoaria, na manhã de sábado (25).

O ladrão coloca a mão no bolso do suéter, com ela ainda fechada como se segurasse algo, coloca-a sobre o relógio Rolex modelo Daytona e como num passe de mágica, troca o falsificado pelo original e o esconde no bolso.

O responsável pela relojoaria só percebeu que o que foi deixado pelo ladrão era falsificado depois que esse foi embora. Ao conferir as imagens da câmera de segurança descobriu seu modus operandi.

Denunciou o caso de furto na polícia e comentou que “deve estar acostumado a fazer isso”. O Daytona original furtado da relojoaria é avaliado em pelo menos 5 milhões de ienes.

A polícia está à procura do ladrão.

À esq. o original furtado e à dir. o falsificado deixado no lugar (NTV)

Fonte: NTV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ministério da Saúde do Japão aprova uso de vacina contra Covid da Daiichi Sankyo

Publicado em 28 de novembro de 2023, em Sociedade

Autoridades dizem que a vacina será enviada a municípios em todo o país já em dezembro, após receber aprovação formal do ministério.

A farmacêutica japonesa Daiichi Sankyo solicitou aprovação da vacina em setembro visando a subvariante da ômicron XBB.1.5. (NHK)

Um painel do Ministério da Saúde do Japão disse que uma vacina contra coronavírus desenvolvida pela Daiichi Sankyo pode ser usada para inoculações no país.

Publicidade

Essa seria a primeira vacina japonesa contra Covid disponível para uso prático.

O painel de especialistas realizou uma reunião na segunda-feira (27). Eles disseram que confirmaram a eficácia da vacina e que não têm preocupações graves em relação a sua segurança.

A farmacêutica japonesa solicitou aprovação da vacina em setembro visando a subvariante da ômicron XBB.1.5.

Autoridades dizem que a vacina será enviada a municípios em todo o país já em dezembro, após receber aprovação formal do ministério.

O Japão vem usando vacinas desenvolvidas por empresas estrangeiras como Pfizer e Moderna. A vacina anterior da Daiichi Sankyo que visava o tipo de cepa convencional do coronavírus não foi usada para inoculações, apesar de ter ganhado aprovação em agosto.

Antes, o ministério disse que concordou em comprar 1,4 milhão de doses da vacina adaptada à XBB.1.5. da Daiichi Sankyo, após ele ter aprovado o plano da empresa de fabricá-la e vendê-la.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!