Japão: Princesa Mako irá se casar

A neta mais velha dos imperadores do Japão irá se casar. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Princesa Mako à esquerda e seu companheiro Komura Kei à direita (Imagem/Reprodução: NHK News)

Mako de Akishino, filha mais velha do príncipe Fumihito, irá se casar com um colega de classe da época de universidade. Segundo os responsáveis, o parceiro será Kei Komuro (25), residente em Yokohama, funcionário de escritório de advocacia, colega de classe da princesa quando ela frequentava a Universidade Cristã Internacional (ICU). A data ainda não foi definida, mas se espera que o casamento ocorrerá no ano que vem.

Publicidade

Komuro estudou em uma escola internacional até o ensino médio, e em sua época de faculdade, participou da campanha turística “Príncipe dos Mares de Shonankou” em 2010, organizado pela associação de turismo da cidade de Fujizawa, em Kanagawa.

A princesa Mako (25), nascida em 1991, após ter se formado, realizou um intercâmbio internacional na Inglaterra e aprendeu museologia. Depois de ter voltado para o Japão, trabalhou como presidente honorária da Associação de Tênis do Japão enquanto realizava as atividades imperiais como visitar outros países. Desde o ano passado, Mako também trabalha cerca de 3 dias por semana em uma instalação de Maronouchi (Tóquio) como pesquisadora do Museu da Universidade de Tóquio.

A relação entre ambos começou há aproximadamente 5 anos, quando se conheceram em uma reunião para troca de experiências internacionais em um restaurante de Shibuya (Tóquio). Recentemente, eles estava se encontrado várias vezes por mês na área metropolitana de Tóquio e nas cidades vizinhas.

Mako já havia apresentado Komura para seu pai, o príncipe Fumihito, que aprovou a união de ambos. Segundo a Agência da Casa Imperial, o fato já foi noticiado aos imperadores.

O casamento de membros imperiais necessitam da aprovação do Conselho da Casa Imperial consoante as leis imperiais. Contudo, no caso de mulheres que se afastam da família imperial, esses procedimentos não são necessários, e uma simples cerimônia real de trocas de presentes e outros irá validar o casamento.

Fonte: NHK News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Estrangeiros detidos na imigração em Nagoia fazem greve de fome

Publicado em 17 de maio de 2017, em Sociedade

Estrangeiros detidos na imigração em Nagoia também começaram uma greve de fome. Entenda o caso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mais de 20 estrangeiros detidos na imigração em Nagoia começaram uma greve de fome (imagem ilustrativa)

Mais de 20 estrangeiros detidos em um centro da imigração em Nagoia (Aichi) começaram uma greve de fome, protestando contra longos períodos de detenção e suas condições, disseram seus defensores na terça-feira (16), enquanto mais de 20 estrangeiros detidos em uma outra unidade de imigração em Tóquio também continuaram se recusando a comer.

Publicidade

Em Nagoia, detidos de países incluindo Irã, Turquia e Vietnã vêm se recusando a comer desde a segunda-feira (15), de acordo com seus defensores.

Dos que estão em greve de fome na imigração em Nagoia, incluindo um homem detido há 11 meses, estão em busca de liberdade provisória antecipada, melhor tratamento e melhoria nos serviços médicos.

Um iraniano de 31 anos, que está detido há 6 meses, disse à agência de notícias Kyodo que continuará a greve de fome até a morte se necessário, já que nada mudou apesar de repetidos apelos.

Um funcionário do departamento regional de imigração de Nagoia disse que está “confirmando” a situação.

Atualmente, cerca de 150 pessoas estão detidas na unidade, de acordo com o departamento regional de imigração, incluindo aqueles cujos processos penais já foram finalizados.

Na unidade da imigração em Tóquio, cidadãos da China, Myanmar e outros estrangeiros vêm se recusando a comer desde a terça-feira da semana passada, exigindo melhorias nas suas condições dentro da detenção.

A greve de fome ocorre após a morte de um vietnamita de 40 anos que foi encontrado inconsciente em sua cela em uma unidade da imigração na província de Ibaraki. A Reuters divulgou que o homem morreu em decorrência de um derrame e que foi deixado na cela por horas antes de ser levado ao hospital.

Fonte: Japan Times
Imagem: Bank Image

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância