Vietnamita é absolvido no julgamento

Acusado de transportar uma bicicleta elétrica sabendo que era roubada, foi preso e julgado. No entanto, o Tribunal de Tóquio reconheceu sua inocência.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vietnamita foi absolvido no julgamento realizado em Tóquio (Pixabay)

Um julgamento ocorrido no Tribunal de Tóquio, absolveu o vietnamita acusado de cumplicidade do roubo de bicicleta.

Publicidade

Na quarta-feira (20), o dono de um restaurante, de cidadania vietnamita, 34 anos, foi preso em fevereiro do ano passado, sob suspeita de transportar uma bicicleta mesmo sabendo que era roubada. A bicicleta elétrica, no valor de cerca de 100 mil ienes, foi levada por ele, de sua casa em Arakawa-ku (Tóquio) para o Aeroporto de Narita.

O réu continuou afirmando que não sabia, apenas fez um favor para o amigo.

Ele afirma que fez isso a pedido de um amigo que queria levar a bicicleta para o Vietnã. Na ocasião foi acusado de transporte de produto roubado.

“Há dúvida se ele realmente tinha consciência de que a bicicleta acomodada dentro da caixa de papelão, a qual transportou de trem até o aeroporto, era roubada”, disse o juiz.

Assim, decretou sua inocência.

Fonte: JNN 
Foto: Pixabay

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Depois de 45 anos termina o reparo das 1001 deusas do templo

Publicado em 22 de dezembro de 2017, em Artigos de Turismo

O trabalho de reparo das 1001 estátuas das deusas da misericórdia (Kannon) do famoso templo Sanjusangendo foi concluído depois de quase meio século (vídeo).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma das estátuas reparadas sendo reposicionada (Asahi)

O famoso templo Sanjusangendo como é conhecido, mas com o nome original de Rengeo-in, abriga nas suas 30 baias (daí o nome Sanjusangendo) mil estátuas das deusas da misericórdia – Kannon – enfileiradas. Elas acolhem os visitantes ao longo de um corredor de 120 metros de comprimento.

Publicidade

Além das mil estátuas, cada uma com expressão diferente, tem a principal com quase 1,80 metro de altura. Ela tem 11 faces e mil braços, simbolizados pelos 40, na verdade. Cada um representa 25 braços.

Na manhã desta sexta-feira (22) as últimas 9 estátuas que faltavam ser entregues foram devolvidas ao templo, situado em Quioto (província homônima).

Todas as estátuas foram feitas entre os períodos Heian e Kamakura, portanto, antes do ano 1000.

Reparo das estátuas

Como há obras do Tesouro Nacional e pela beleza do templo, além do valor histórico e religioso, recebe anualmente mais de um milhão de visitantes.

Assim, fibras dos vestuários e poeira se acumulam nas estátuas das deusas. Além disso, o folheado de ouro também sofre desgaste. Sem a camada de ouro, as estátuas ficam vulneráveis a lesões.

Desde 1973 cerca de 50 estátuas são levadas anualmente para a Oficina de Reparo dos Tesouros Nacionais Artísticos, na mesma cidade, em Quioto. Lá recebem a remoção da poeira e das fibras de tecido, além do reparo do folheado a ouro.

As últimas estátuas da deusa da misericórdia, Kannon, sendo devolvidas devidamente reparadas (Asahi)

Quanto custou o reparo

Foram investidos cerca de 920 milhões de ienes no reparo, ao longo dos quase 45 anos. Cerca de 60% dessa verba é proveniente do subsídio governamental. Segundo informação obtida pelo jornal Asahi, esse trabalho de reparo foi o mais longo da história, de acordo com a Agência de Assuntos Culturais.

Sanjusangendo – Rengeo-in

Se ainda nunca visitou o famoso templo, fica a dica para o seu próximo passeio em Quioto. No seu interior não é permitido tirar fotos ou filmar, mas a contemplação é uma experiência magnífica, independente da religião.

  • Horário: 8h às 17h (no período de novembro a março, das 9h às 16h)
  • Ingressos: ¥600, ¥400 e ¥300, adultos, colegiais e crianças, respectivamente
  • HP: http://www.sanjusangendo.jp
  • Estacionamento para 50 veículos
  • Acesso pelos ônibus municipais 100, 206 e 208: descer no ponto 博物館三十三間堂前 (Hakubutsukan Sanjusangendo mae)
  • Mapa: toque aqui

Vale a pena visitar o templo pela sua riqueza histórica (Asahi)

Confira as cenas históricas em vídeo.

Fonte e fotos: Asahi Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância