Pais de homem morto em ataque dentro de trem-bala falam da ação heroica do filho

O homem de 38 anos foi morto em um ataque aleatório com faca dentro de um trem-bala ao tentar salvar duas mulheres.

Kotaro Umeda, de 38 anos, foi morto em um ataque aleatório com faca dentro de um trem-bala ao tentar salvar duas mulheres (imagem ilustrativa)

A família enlutada de Kotaro Umeda, que morreu após tentar conter um homem com faca dentro de um trem-bala e salvar duas mulheres feridas, disse que as ações corajosas do filho “tocaram nossos corações”.

Publicidade

Umeda, de 38 anos, funcionário de uma empresa em Amagasaki (Hyogo), foi morto em 9 de junho após conter um agressor dentro de um trem-bala que viajava entre as estações de Shin- Yokohama e Odawara, ambas na província de Kanagawa.

Cerimônias fúnebres com a participação apenas de familiares foram realizadas em 15 e 16 de junho.

“As ações de nosso filho tocaram nossos corações de uma maneira muito forte”, disseram os pais de Umeda em uma carta divulgada no dia 18 de junho.

Eles também mencionaram a natureza gentil de Umeda em ser um filho dedicado mesmo após ele ter começado a trabalhar e se casar.

“Ele sempre foi muito cuidadoso conosco”, disseram eles.

“Ele tinha a capacidade de avaliar a situação de uma maneira calma e gentil. Apesar de tal caráter, ele não pôde ajudar além de oferecer uma mão auxiliadora corajosa com quem ele viu em perigo”, disseram os pais de Umeda ao descrever seu caráter.

A esposa de Umeda disse em uma carta, “ele era o melhor marido do mundo para mim. Muito obrigada por toda a ternura e amor. Descanse em paz”.

Ela também escreveu sobre as vezes que viajou com seu marido e como ele a animava, principalmente quando ela estava sob pressão no trabalho e ele cozinhava para ela.

“Tudo que queremos agora é passar o tempo calmamente com a memória de nosso filho”, disseram os pais de Umeda.

Ataque em 9 de junho

O incidente ocorreu no vagão Nº12 do trem-bala Nozomi 265 com destino a Osaka, que estava viajando na linha Tokaido Shinkansen na província de Kanagawa.

Ichiro Kojima, de 22 anos, da província de Aichi, foi preso em conexão com o ataque. O caso foi encaminhado à promotoria em 11 de junho.

Fonte: Asahi
Imagem: Banco de imagens

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Sua casa está segura caso ocorra um terremoto?

Publicado em 20 de junho de 2018, em Sociedade

O interior da casa pode parecer seguro. No entanto, pessoas ficam sob os móveis e perdem vidas, quando do terremoto. Reveja sua casa.

Simulação do tsunami e terremoto Nankai Trough (governo)

Uma boa parte das mortes no terremoto ocorre dentro de casa. As pessoas perdem a vida soterradas por queda de estantes e guarda-roupas.

Publicidade

A probabilidade de ocorrer o Nankai Trough, 南海トラフ em japonês, o terremoto de intensidade 8 a 9, é de 80%, a qualquer momento, em 30 anos. É muito importante que cada um da população esteja preparado e tenha todos os cuidados para se proteger. Uma das medidas é preparar e manter a mochila de emergência ou o kit de preservação da vida.

Outra é verificar se o ambiente onde reside e trabalha tem medidas preventivas e defensivas.

Foto real de uma casa no Grande Terremoto Hanshin-Awaji, em 1995 (Kobe117)

Casa segura

Tomando como base um material explicativo da Prefeitura de Urayasu (Chiba) com linguagem e ilustrações simples, veja se o interior e exterior de sua casa estão seguros, caso ocorra um terremoto.

Interior da casa

1 – Abra espaço na casa

É importante assegurar um espaço aberto, sem mobílias, dentro de um dos cômodos da casa. O ideal é acomodar os móveis maiores e mais altos em um quarto onde há pouca circulação das pessoas da família. Caso isso não seja possível, procure reorganizar as mobílias para abrir um espaço, mesmo que seja pequeno.

2 – Cuidados nos quartos

Nos quartos, especialmente, das crianças, idosos ou doente, não coloque mobílias extras, especialmente aquelas que podem cair como armários, guarda-roupas e estantes. Só de remover esses móveis se pode assegurar que não ficará soterrado com o terremoto.

3 – Medidas nas mobílias

Para quem reside em imóvel alugado fica difícil instalar peças para evitar queda dos móveis. Nesse caso pode comprar solas para colocar sob os móveis. Para quem mora em casa própria o ideal é imobilizar as mobílias.

Em qualquer uma das situações a recomendação é evitar de colocar coisas sobre os móveis.

4 – Hall de entrada

O hall de entrada deve ficar sempre livre. Os calçados e chinelos devem ficar guardados. Não deixar guarda-chuvas, tacos de beisebol ou de golfe, ou qualquer outros objetos na entrada.

Se tiver lotado de coisas, elas podem ser impedimento para os residentes saírem na emergência.

Exterior da casa

1 – Varanda

Foto: Fotolia

Essa deve ficar livre das coisas, mantendo varal e vasos seguros. Especialmente para quem reside em apartamento, a varanda pode ser o local por onde poderá escapar na emergência. Por isso, deve estar sempre limpa de coisas.

2 – Vidros das janelas

 

É fácil de aplicar

Proteger os vidros das janelas e portas com adesivo chamado 飛散防止フィルム, lê-se hisan boshi firumu. Esse filme ajuda a evitar que os vidros se estilhacem caso ocorra um terremoto de grande intensidade. Pode usar nos vidros dos armários, como nos da cozinha e banheiro, por exemplo.

Exemplo de vidro quebrado sem (à esq.) e com filme

3 – Telhado

Foto: One Project

Conferir sempre se as telhas estão inteiras, sem rachaduras ou descascadas, além de ver se estão no devido lugar. Caso tenha antena ou qualquer outra coisa no telhado, assegure-se que esteja firme.

4 – Muro de blocos

Foto: The Page

Chamado de ブロック塀, lê-se burokkuhei, a legislação não permite mais, se não tiver estrutura de aço. Se tiver, reconsidere em substituir o muro por um cercado de outro material.

5 – Gás propano

Caso tenha gás propano certifique-se que o cilindro esteja bem preso por uma corrente, a fim de evitar incidente.

Foto: Enepi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!