Onda de calor no Japão deixa pelo menos 11 mortos no sábado

Pelo menos 11 pessoas morreram no sábado (21) com suspeita de insolação, enquanto a onda de calor continua cobrindo o país.

Onda de calor no Japão vem fazendo vítimas fatais (imagem ilustrativa)

Em todo o Japão, pelo menos 11 pessoas morreram no sábado (21) com suspeita de insolação, enquanto a onda de calor continua cobrindo o país.

Publicidade

No domingo (22), por volta das 7h30, os termômetros já registravam temperaturas de 32ºC na central de Tóquio e a AMJ-Agência de Meteorologia do Japão emitiu um alerta para altas temperaturas em grande parte do arquipélago.

Desde as 11h, 601 dos pontos de observação da AMJ haviam registrado temperaturas de 30ºC ou acima. Leituras que ultrapassaram os 35ºC foram registradas em 57 locais, incluindo a cidade de Tottori (província homônima), Maebashi (Gunma) e Kameyama (Mie).

O Departamento de Bombeiros de Tóquio disse no domingo que 3.091 ambulâncias foram despachadas na capital no dia anterior, o maior número para um único dia desde 1936, quando o departamento iniciou as operações médicas de emergência.

Os envios de ambulâncias vêm aumentando em Tóquio desde 17 de julho devido a solicitações para o transporte de pessoas, que passaram mal por causa do calor, para hospitais, disse o departamento.

Quase todas das 11 vítimas eram idosos, incluindo dois casais de aproximadamente 70 anos que foram encontrados mortos em suas casas em Tóquio e Osaka.

Dentre as chamadas feitas para serviços de emergência no sábado foram aquelas relatando que estudantes do ginásio e do colegial passaram mal enquanto praticavam esportes nas províncias de Shizuoka e Ibaraki.

Fonte: Kyodo
Imagem: Banco de imagens

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Calor intenso continua cobrindo boa parte do Japão

Publicado em 22 de julho de 2018, em Sociedade

As temperaturas poderão alcançar os 39ºC em alguns locais neste domingo (22).

Calor severo continua neste domingo (ANN)

As temperaturas poderão alcançar os 39ºC em alguns locais neste domingo (22). A população deve ficar em alerta contra a insolação, divulgou a NHK.

Publicidade

De acordo com representantes da AMJ- Agência de Meteorologia do Japão, um forte sistema de pressão sobre as áreas oeste, leste, além do sul da regiãoTohoku continuará deixando as temperaturas altas.

No sábado (21), nas cidades de Tottori (província homônima) e Maizuru (Quioto), os termômetros marcaram 38,2ºC. Altas diurnas ficaram acima dos 35ºC em 179 pontos de monitoramento no Japão, incluindo áreas que foram recentemente atingidas por fortes chuvas e deslizamentos.

O calor severo continua neste domingo e agora poderá afetar um dos eventos de verão mais populares de Quioto.

O hanagasa, ou guarda-sol de flores, que faz parte do festival Gion de Quioto, foi cancelado.

A parada aconteceria na terça-feira (24) e destacaria mil pessoas, incluindo quase 300 crianças, idosos e mulheres que planejavam usar o tradicional quimono.

A parada hanagasa, que faz parte do festival Gion em Quioto e aconteceria em 24 de julho, foi cancelada por causa da forte onda de calor (NHK)

Como temperaturas em torno dos 38ºC continuaram em Quioto, os organizadores decidiram adiar a parada por receio de casos de insolação.

Essa é a primeira vez que o calor forçou o cancelamento da parada desde 1966, quando ela começou.

Veja mais:

Insolação e hipertermia: sintomas e como evitar

Fonte: NHK
Imagem: ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!