Estudante brasileiro morre afogado na praia

A praia estava lotada de visitantes por causa do calor no domingo. Um estudante brasileiro foi encontrado afogado e morreu no hospital, em Fukui.

O estudante brasileiro estava se divertindo com sua turma, em Fukui (divulgação)

Muito procurada pelos visitantes, a praia de Wakasa Wada, em Takahama (Fukui), estava lotada, no domingo (22). Mas um incidente marcou o dia de calor, com o afogamento e posterior morte de um estudante brasileiro.

Publicidade

De acordo com as informações da polícia um jovem se afogou a cerca de 60 metros da areia, por volta das 11h20 de domingo (22). Logo foi socorrido e encaminhado para o hospital. E lá foi confirmada a morte.

Foi identificado como Deivid Lucas da Silva Canachiro, brasileiro, 16 anos, estudante do primeiro ano colegial, residente em Sasayama (Hyogo).

Segundo o que a polícia levantou, ele teria chegado na praia de manhã com um grupo de cerca de 15 pessoas. Como não sabia nadar estava andando dentro da água, próximo ao quebra-mar.

A polícia está averiguando se ele não teria se deparado subitamente com um lugar com certa profundidade.

Fonte: Fukui TV 
Foto: divulgação 

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Onda de calor no Japão deixa pelo menos 11 mortos no sábado

Publicado em 22 de julho de 2018, em Sociedade

Pelo menos 11 pessoas morreram no sábado (21) com suspeita de insolação, enquanto a onda de calor continua cobrindo o país.

Onda de calor no Japão vem fazendo vítimas fatais (imagem ilustrativa)

Em todo o Japão, pelo menos 11 pessoas morreram no sábado (21) com suspeita de insolação, enquanto a onda de calor continua cobrindo o país.

Publicidade

No domingo (22), por volta das 7h30, os termômetros já registravam temperaturas de 32ºC na central de Tóquio e a AMJ-Agência de Meteorologia do Japão emitiu um alerta para altas temperaturas em grande parte do arquipélago.

Desde as 11h, 601 dos pontos de observação da AMJ haviam registrado temperaturas de 30ºC ou acima. Leituras que ultrapassaram os 35ºC foram registradas em 57 locais, incluindo a cidade de Tottori (província homônima), Maebashi (Gunma) e Kameyama (Mie).

O Departamento de Bombeiros de Tóquio disse no domingo que 3.091 ambulâncias foram despachadas na capital no dia anterior, o maior número para um único dia desde 1936, quando o departamento iniciou as operações médicas de emergência.

Os envios de ambulâncias vêm aumentando em Tóquio desde 17 de julho devido a solicitações para o transporte de pessoas, que passaram mal por causa do calor, para hospitais, disse o departamento.

Quase todas das 11 vítimas eram idosos, incluindo dois casais de aproximadamente 70 anos que foram encontrados mortos em suas casas em Tóquio e Osaka.

Dentre as chamadas feitas para serviços de emergência no sábado foram aquelas relatando que estudantes do ginásio e do colegial passaram mal enquanto praticavam esportes nas províncias de Shizuoka e Ibaraki.

Fonte: Kyodo
Imagem: Banco de imagens

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!