Dupla Tackey & Tsubasa se desfaz

A dupla de artistas Tackey & Tsubasa anunciou que cada um seguirá seu caminho. Takizawa se aposenta como ator e Imai continuará o tratamento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Tackey à esq. e Tsubasa à dir. (Foto: Arama Japan)

Os famosos Hideaki Takizawa e Tsubasa Imai, ambos de 36 anos, anunciaram na quinta-feira (13) que cada um seguirá seu caminho.

Publicidade

Takizawa, conhecido como Tackey também aproveitou a ocasião para informar que se encerra a carreira de ator e cantor até o final do ano. Ele disse que irá trabalhar nos bastidores, como produtor de musical e de entretenimento.

Tsubasa Imai informou que deixará o  escritório Johnny & Associates e as atividades artísticas para continuar o tratamento médico. Ele vem se tratando desde o final de março, por isso a carreira dos dois estava suspensa. 

Imai se trata da síndrome de Ménière e disse que só depois de recuperar o estado de saúde física e mental pensará no que fazer no futuro.

Os dois foram lançados como duo J-Pop em 2002. No comunicado explicaram que em 10 de setembro foi a data que marcou os 16 anos de carreira. Aproveitam-se da ocasião para fazer o anúncio.

Agradeceram aos fãs que deram suporte nesses anos de carreira.

Comunicado enviado por fax para a imprensa, assinado pelos dois: Takizawa e Imai (NHK)

Fontes: Oricon e NHK 
Fotos: NHK e Arama Japan 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Seis usinas nucleares no caminho do furacão Florence

Publicado em 13 de setembro de 2018, em Notícias do Mundo

Após o terremoto e tsunami de 2011 no Japão que causou um dos piores desastres nucleares desde o incidente de Chernobyl, as preocupações aumentaram.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mídias nos EUA falam em preocupações sobre os efeitos do Florence em seis plantas nucleares em áreas que poderão ser atingidas pelo furacão (NHK/NASA)

Oficiais federais demonstraram confiança na segurança em relação a seis plantas de energia nuclear no caminho do furacão Florence, contudo, alguns especialistas não têm tanta certeza, alertando que inundações e chuvas torrenciais podem sobrecarregar suas defesas.

Publicidade

As seis usinas nucleares nas Carolinas do Norte e do Sul estão diretamente no caminho projetado do furacão, de acordo com Mary Catherine Green, porta-voz para a Duke Energy, proprietária de todas as plantas.

A Planta Nuclear Brunswick e a de Sheron Harris, perto de Raleigh, ambas na Carolina do Norte, estão mais próximas de onde o furacão poderá passar, disse Green.

Em uma conferência de imprensa, Jeff Byard, administrador associado para o Escritório FEMA de Resposta e Recuperação, disse que a agência não estava preocupada com as usinas nucleares no caminho do furacão “no momento”.

“Essas plantas de energia nuclear, primeiro, estão obviamente fortalecidas. Segundo, elas têm geradores auxiliares e avaliaremos rapidamente quaisquer impactos a uma planta nuclear na pós-tempestade”, disse Byard por telefone à mídia. “Obviamente é algo que rastreamos e monitoramos, mas no momento não estamos preocupados com qualquer questão relativa às plantas nucleares”.

No entanto, a União de Cientistas Preocupados, uma organização pública de políticas orientadas pela ciência, demonstra cautela com a habilidade da planta de Brunswick suportar a tempestade, devido ao que o grupo diz haver uma falta de informação publicamente disponível sobre a preparação da planta.

De acordo com o grupo, a NRC- Comissão Reguladora Nuclear dos EUA não divulgou informação pública validando que a planta foi renovada de forma adequada para suportar inundações.

Desastre nuclear no Japão em 2011

Inundações em plantas de energia nuclear se tornaram mais preocupantes após o terremoto e subsequente tsunami de 2011 no Japão que causou um dos piores desastres nucleares desde o incidente de Chernobyl em 1986.

Barras de combustível nuclear de três reatores nucleares derreteram na planta de Fukushima Daiichi, liberando radiação perigosa na área ao seu redor.

Desde o incidente de 2011, a NRC atualizou suas exigências para plantas nucleares relativas a desastres naturais, de acordo com o antigo presidente da comissão da NRC e diretor de gestão do ND2 group Nils Diaz.

O furacão Florence tem uma pressão atmosférica de 957hPa e carrega ventos de até 176Km/h. Atualmente, ele é classificado na categoria 2 de furacões, em uma escala que vai de 1 a 5, e poderá manter sua força.

Fonte: CNN
Imagem: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância